Repositório Digital

A- A A+

A História e a avaliação do matriciamento em saúde mental no município de Canoas, o ponto de vista das equipes de apoio matricial e de referência

.

A História e a avaliação do matriciamento em saúde mental no município de Canoas, o ponto de vista das equipes de apoio matricial e de referência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A História e a avaliação do matriciamento em saúde mental no município de Canoas, o ponto de vista das equipes de apoio matricial e de referência
Autor Cougo, Sara Cristina dos Santos
Orientador Pekelman, Renata
Data 2013
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Especialização em Práticas Pedagógicas para Educação em Serviços de Saúde.
Assunto Educação permanente
Reforma psiquiátrica
Trabalho
Resumo A Reforma Psiquiátrica brasileira propõe mudanças no cuidado das pessoas com sofrimento psíquico a partir da desinstitucionalização e a criação dos serviços substitutivos como retaguarda assistencial. No que se refere à formação profissional, a política de Educação Permanente em Saúde, surge como proposta político-pedagógica para colocar o cotidiano do trabalho – ou da formação – em constante análise, construindo espaços coletivos para a reflexão e avaliação. O presente trabalho apresenta o Apoio Matricial em Saúde Mental, um instrumento de Educação Permanente, ocorrido junto as Unidades Básicas de Saúde (UBS) no município de Canoas no ano de 2011. Os resultados deste processo estão apresentados através de uma avaliação realizada junto às equipes de referência que responderam um questionário elaborado pela coordenação do Núcleo de Apoio à Saúde da Família - NASF, que atuou em parceria com os matriciadores. Respondido em dois momentos: julho e dezembro/2011, o instrumento revela o entendimento dos trabalhadores da atenção básica sobre a resolutividade do matriciamento, bem como se a metodologia empregada pela equipe de apoiadores foi adequada. Foi utilizada, ainda, como instrumento de avaliação, discussões realizadas entre os matriciadores através da análise dos registros dos encontros de matriciamento. A análise desses instrumentos apontam para a importância do apoio matricial na saúde mental e, embora tenham sido constatados problemas durante o processo, fica evidente que o cuidado digno aos portadores de sofrimento psíquico, com a construção da rede de serviços apropriada, passa pela efetivação de ações de Educação Permanente.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/76050
Arquivos Descrição Formato
000892999.pdf (197.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.