Repositório Digital

A- A A+

Informação orgânica digital espontânea : estudo exploratório para sua identificação e pesquisas posteriores

.

Informação orgânica digital espontânea : estudo exploratório para sua identificação e pesquisas posteriores

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Informação orgânica digital espontânea : estudo exploratório para sua identificação e pesquisas posteriores
Autor Liedke, Enoi Dago
Orientador Silva, Armando Malheiro da
Co-orientador Almeida, Pedro Alexandre Santos Carvalho de
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade do Porto. Faculdade de Letras. Programa Doutoral em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais.
Assunto Comunicação interna
Comunicação organizacional
Relações públicas
Tecnologia digital
Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs)
[en] Digital information and communication technologies
[en] Organic information
[en] Organizational communication
[en] Spontaneous digital organic information
Resumo A presente tese propôs abordar e investigar a existência de um fluxo infocomunicacional envolvendo os integrantes do público essencial de sustentação primário de informação orgânica, assente na utilização de meios de comunicação digitais não disponibilizados pelas organizações. Através de análise do estado da arte nas áreas de Comunicação Organizacional/Relações Públicas e da Ciência da Informação, foi constatada a inexistência de uma terminologia específica que abrangesse e categorizasse esta classe de informação. Esta lacuna, sintomática de um potencial aprofundamento científico, conduziu a uma proposta de identificação dos elementos da comunicação de informação efetuada através dos media digitais informais que caracterizam e facilitam o estabelecimento do conceito de informação orgânica digital espontânea. Consequentemente, esta investigação assumiu como objetivo geral conhecer o processo info-comunicacional digital espontâneo que ocorre entre os integrantes do público essencial de sustentação primário das organizações. O universo desta pesquisa desdobrou-se entre dois países em diferentes continentes e englobou uma organização portuguesa e duas organizações brasileiras. O produto desta investigação proporcionou um contributo para a construção, apresentação e defesa de uma proposta de Modelo info-comunicacional interno que deverá servir como parâmetro para: a) compreender, utilizar ou minimizar o fluxo espontâneo através de ações planeadas de Comunicação Organizacional/Relações Públicas, e b) reconhecer a existência de suportes de informações orgânicas distintos dos disponibilizados pelo sistema de gestão de informação da organização, permitindo assim a definição de estratégias de identificação e recolha dessa informação por parte dos responsáveis pelos serviços de Gestão da Informação para benefício da própria organização. Os dois principais resultados alcançados – o conceito de informação orgânica digital espontânea e o Modelo de comunicação interna na perspetiva da informação orgânica digital espontânea – poderão, espera-se, contribuir para uma melhor gestão da informação e para uma maior rentabilização de tempo, recursos de TDIC e humanos e da informação gerada, veiculada e partilhada através dos fluxos identificados e que marcam esta segunda década do século XXI.
Abstract This thesis seeks to investigate the existence of a flow of organic information amongst the members of the essential support primary public through digital media not provided by the organization. Through analysis of the state-of-theart in the areas of Organizational Communication / Public Relations and Information Science we have ascertained a lack of terminology applicable to this kind of information. Thus, we therefore propose to analyse and typify the elements of the information communication process via digital media that characterize and enable the definition of a concept of spontaneous digital organic information. Hence, the purpose of this research project is to determine the spontaneous digital info-communicational process that occurs amongst the members of the organisation’s essential support primary public. The research comprehends a Portuguese organisation and two Brazilian organisations. This investigation should provide input to shape, introduce, and defend a proposal for an organisational internal info-communicational model that might set the a parameter for a) the understanding, use or minimisation of this spontaneous flow through planned Organizational Communication / Public Relations actions; b) the acknowledgement of distinct organic information media provided by the information management system, thus contributing to the enforcement of the appropriate strategies for the identification and collection of such information within the organization by the Information Management services. The two chief results of this thesis, that we believe to be potential corner-stones for a new approach to organizational information flows, being a) the concept of spontaneous digital organic information, and b) the model for internal communication flows according to the spontaneous digital organic information, will hopefully contribute to a better information management and to a wiser use of time, of both DICT and human resources, and of the information they produce, share and transmit through the information flows identified, which are unquestionably one of the most significant features of this second decade of the 21st century.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/76131
Arquivos Descrição Formato
000892138.pdf (6.068Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.