Repositório Digital

A- A A+

Paisagens obsessivas : o discurso orientalista nas revistas semanais de informação brasileiras

.

Paisagens obsessivas : o discurso orientalista nas revistas semanais de informação brasileiras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Paisagens obsessivas : o discurso orientalista nas revistas semanais de informação brasileiras
Autor Araujo, Luiz Antônio
Orientador Fonseca, Virginia Pradelina da Silveira
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Análise do discurso
Narrativa jornalística
Orientalismo
Revistas : Brasil
[en] Discourse analysis
[en] East
[en] Journalism
[en] Orientalism
[es] Analisis de discurso
[es] Orientalismo
[es] Oriente
[es] Periodismo
Resumo O presente trabalho analisa os sentidos produzidos pela narrativa jornalística das quatro maiores revistas semanais de informação brasileiras –Veja, Época, IstoÉ e Carta Capital – sobre Oriente, Islã, árabes e muçulmanos. Investiga a forma como o jornalismo de revista é atravessado por dizeres preexistentes, externos ao texto, a respeito do assim chamado Oriente. Tomando a Análise de Discurso de extração francesa(AD) como dispositivo analítico, estuda se e de que forma as revistas semanais de informação produzem e põem em circulação uma mirada orientalista sobre eventos e personagens, conforme noção cunhada por Edward Said (1990) para designar o discurso que articula saberes relacionados ao Oriente produzidos e organizados no Ocidente por distintas instâncias de poder (colonial e imperial, cultural, político, simbólico).
Abstract The present work analyses meanings produced by journalistic narratives of the four main weekly information magazines in Brazil – Veja, Época, IstoÉ e Carta Capital – related to East, Islam, Arabs and muslims. It investigates the form in which magazine news is crossed by pre-existent sayings, external to the text, on the subject of the so-called East. Taking Discourse Analysis of French extraction (AD) as analytic tool, it researches if and how the weekly information magazines product and puts in circulation an orientalist outlook on events and characters, taking the notion developed by Edward Said (1990) to define the discourse that articulate knowledges related to East which are produced and organized in the West by various instances of power (colonial and imperial, cultural, political, symbolic).
Resumen El presente trabajo analisa los sentidos producidos por la narrativa periodistica de las cuatro más grandes revistas semanales de información brasileñas –Veja, Época, IstoÉ e Carta Capital – sobre Oriente, Islan, árabes y musulmanes. Investiga la forma como el periodismo de revista es cruzado por decires preexistentes, exteriores al texto, sobre el llamado Oriente. Tomando la Análisis de Discurso de extracción francesa (AD) como dispositivo analítico, estudia si y de que forma las revistas semanales de información producen y ponen em circulación una mirada orientalista sobre eventos y personajes, conforme noción desarrollada por Edward Said (1990) para designar el discurso que articula saberes referentes al Oriente producidos y organizados en el Ocidente por distintas instancias de poder (colonial y imperial, cultural, político, simbolico).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/76367
Arquivos Descrição Formato
000894045.pdf (1.326Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.