Repositório Digital

A- A A+

Efeito de probiótico na infecção e excreção de Salmonella em suínos

.

Efeito de probiótico na infecção e excreção de Salmonella em suínos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito de probiótico na infecção e excreção de Salmonella em suínos
Outro título Effect of probiotic on the Salmonella infection and fecal excretion in pigs
Autor Nogueira, Mariana Gomes
Calveyra, Juliana Cafruni
Kich, Jalusa Deon
Coldebella, Arlei
Mores, Nelson
Cardoso, Marisa Ribeiro de Itapema
Resumo A transmissão de Salmonella na cadeia produtiva de suínos é um problema de difícil controle. O objetivo do estudo foi avaliar o efeito da administração oral de probiótico sobre a ocorrência de infecção e excreção fecal de Salmonella em suínos em fase de crescimento. Os tratamentos consistiram de ração basal sem aditivos (controle) ou adicionada de probiótico (107ufc g-1 de células viáveis dos gêneros Bifidobacterium, Enterococcus, Lactobacillus e Saccharomyces). Foram alocados seis leitões de 50 dias em cada tratamento, com duas repetições por tratamento. Todos os animais foram inoculados com Salmonella Typhimurium (106ufc mL-1) após 14 dias do alojamento. Semanalmente, foram coletadas amostras de sangue e fezes e no dia 35 pósinoculação os animais foram sacrificados e necropsiados. Os animais de ambos os tratamentos foram infectados por Salmonella e soroconverteram. Não houve diferença (P>0,05) entre os grupos nas médias de Salmonella, Enterococcus, Lactobacillus e coliformes totais nas fezes, porém a administração de probiótico resultou em menor frequência de isolamento de Salmonella a partir de fígado (P=0,04), linfonodos mesentéricos (P=0,04), pulmão (P=0,03) e baço (P=0,01). Conclui-se que os microrganismos probióticos testados não foram capazes de impedir a infecção ou a excreção fecal de Salmonella em suínos de crescimento, mas diminuíram o número de portadores em linfonodos mesentéricos.
Abstract Control of Salmonella transmission has been a challenge for the pork production companies. The aim of this study was to evaluate the effect of oral administration of probiotics on the occurrence of infection and fecal excretion of Salmonella in growers. The treatments consisted of basal diet without additives (control) or added of probiotic (107cfu g-1 of viable cells of the genera Bifidobacterium, Enterococcus, Lactobacillus and Saccharomyces). Six 50 days-old pigs were allocated into each treatment, with two replicates per treatment. All animals were inoculated with Salmonella Typhimurium (106cfu mL-1) after 14 days of housing. Afterwards, blood and feces samples were taken weekly and on day 35 post-inoculation the animals were euthanized and necropsied. The animals in both treatment groups were infected by Salmonella and seroconverted. There was no difference (P>0.05) between groups in mean counts of Salmonella, Enterococcus, Lactobacillus and coliforms in the feces samples, but the probiotic administration resulted in a lower frequency of isolation of Salmonella from liver (P=0.04), mesenteric lymph nodes (P=0.04), lung (P=0.03) and spleen (P=0.01). It was concluded that the probiotic microorganisms tested in this study were not able to protect against the infection or to decrease the fecal excretion of Salmonella in growing pigs, but were able to decrease the number of carriers in the mesenteric lymph nodes.
Contido em Ciência rural. Santa Maria. Vol. 42, n. 3 (mar. 2012), p. 514-519
Assunto Patologia veterinaria : Suinos
Salmonella sp. : Suínos
[en] Biological control
[en] Carriers
[en] Growers
[en] Mesenteric lymph nodes
[en] Seroconvertion
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/76527
Arquivos Descrição Formato
000828286.pdf (141.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.