Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da pressão intraocular em chinchilas (chinchilla Lanigera) de diferentes faixas etárias utilizando tonometria de rebote

.

Avaliação da pressão intraocular em chinchilas (chinchilla Lanigera) de diferentes faixas etárias utilizando tonometria de rebote

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da pressão intraocular em chinchilas (chinchilla Lanigera) de diferentes faixas etárias utilizando tonometria de rebote
Autor Claros Chacaltana, Flor Diana Yokoay
Orientador Pigatto, João Antonio Tadeu
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Chinchila
Oftalmologia Veterinária
Pressão intraocular
Tonometria ocular
[en] Chinchillas
[en] Intraocular pressure
[en] Tonometry
[en] Tonovet
Resumo A aferição da pressão intraocular (PIO) é fundamental durante o exame oftálmico. Objetivou-se estabelecer os valores de referência da PIO de chinchilas de diferentes faixas etárias utilizando o tonômetro de rebote. A PIO foi aferida ao longo do dia às 7, 12 e 19 horas utilizando o tonômetro de rebote (Tonovet®). As chinchilas foram subdivididas em três grupos com 12 animais cada, considerando as idades, designados por GI (animais com idade entre dois a seis meses), GII (com idade entre 20 e 34 meses) e GIII (animais com idade entre 37 e 135 meses). Previamente, foram realizados teste da lágrima de Schirmer, prova da fluoresceína, biomicroscopia com lâmpada de fenda e oftalmoscopia indireta em todos os animais. O valor médio da pressão intraocular encontrado foi 2,49 ± 0,56 mmHg, os valores médios para o grupo I foi de 2,47±0,581 mmHg, no grupo II de 2,47±0,581 mmHg e no grupo III de 2,51±0,531 mmHg. Não foram encontradas diferenças significativas entre a idade e a PIO (P = 0,756). Não foram encontradas diferenças significativas entre as horas do dia e a PIO (P = 0,415). Não foram encontradas diferenças significativas entre os sexos (P = 0,857). Os valores da PIO em chinchilas não sofrem alterações decorrentes do sexo e da idade dos animais. Não ocorre influência do ritmo circadiano na PIO de chinchilas.
Abstract The assessment of intraocular pressure (IOP) is essential for the ocular examination. The purpose of this study was to establish reference values of intraocular pressure chinchillas (Chinchilla lanigera) of different age groups. Thirty-six Chinchillas were divided in three groups of 12 animals each, considering the ages designated by GI (animals aged two to six months), GII (aged between 20 and 34 months) and GIII (animals aged between 37 and 135 months). Intraocular pressure was measured at 7, 12 and 19 hours. Tear production was measured, fluorescein test, slit-lamp biomicroscopy and indirect ophthalmoscopy in all animals and IOP was measured using the rebound tonometer (Tono Vet®) set on the P (undefined species) setting, with measurements obtained from each eye. No abnormalities were found on ophthalmic examination. The mean (±SD) of IOP was 2.49 ± 0.56 mmHg, with a range of 2-4 mmHg. The mean (±SD) of IOP for group I, II and III were 2.47 ± 0.581 mmHg, 2.47 ± 0.581 mmHg and 2,51 ± 0.531 mmHg, respectively. No significant differences were found between age and IOP and no significant differences were found between the hours of day and IOP. No significant differences were found between the genders. The IOP in chinchillas is unchanged between genders and age of the animals. The circadian rhythm is not influenced by IOP in chinchillas.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/76540
Arquivos Descrição Formato
000894079.pdf (374.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.