Repositório Digital

A- A A+

Empirical models to predict soil nitrogen mineralization

.

Empirical models to predict soil nitrogen mineralization

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Empirical models to predict soil nitrogen mineralization
Outro título Modelos empíricos para a predição da mineralização do nitrogênio do solo
Autor Camargo, Flavio Anastacio de Oliveira
Gianello, Clesio
Tedesco, Marino Jose
Riboldi, João
Meurer, Egon Jose
Bissani, Carlos Alberto
Resumo Modelos empíricos são equações matemáticas que podem ser ajustadas a resultados experimentais. Esses modelos podem ser utilizados para avaliar ou predizer fenômenos observados ou dados experimentais e auxiliar no desenvolvimento de práticas adequadas de manejo do solo. Desse modo, o presente trabalho teve por objetivo comparar oito modelos matemáticos descritos na literatura, utilizando como dados experimentais o N mineralizado de dez solos do Rio Grande do Sul, acumulado durante 32 semanas de incubação. O N mineralizado foi obtido experimentalmente em um experimento de incubação, seguido de lixiviação com CaCl2 0,01mol L-1. O N mineral foi determinado no começo do período de incubação e ao final da 2ª, 4ª, 8ª, 16ª e 32ª semanas. Entre os modelos testados, o melhor ajuste do N mineralizado foi obtido com os modelos exponenciais simples, ao passo que a obtenção desses ajustes nos modelos exponenciais duplos esteve condicionado ao aumento de parâmetros na equação. Em função dos resultados observados e das condições experimentais, conclui-se que a hipótese em que os modelos exponenciais duplos estão baseados, isto é, na presença de dois compartimentos de nitrogênio suscetíveis à mineralização, foi rejeitada.
Abstract Empirical models are mathematical equations that can be fitted to experimental results. The use of these models aims to evaluate or predict observed phenomena or experimental data with the objective of helping the development of adequate soil management practices. Based on these considerations, eight mathematical models described in the literature are compared in the present work, using as experimental data the mineral N accumulated during 32 weeks of incubation in Southern Brazilian soils. To obtain mineralization values experimentally, an incubation-washing procedure with 0.01mol L-1 CaCl2 was used. Mineral N was determined at the beginning of the incubation and in the 2nd, 4th, 8th, 16th and 32nd weeks. Among the models, the best fit was obtained with the simple exponential model to describe the mineralization of organic N in the soils. The double exponential models showed quite good fit, but may be superparametrized. In addition, the hypothesis on which these models are based, i.e., the presence of two forms of organic N susceptible to mineralization, cannot be sustained in this study.
Contido em Ciência rural. Santa Maria. Vol. 32, no. 3 (maio/jun. 2002), p. 393-399.
Assunto Estatistica aplicada : Agricultura
Mineralizacao : Fundo do mar : Geologia economica
Modelo matemático
Nitrogenio
Química do solo
Solo : Rio Grande do Sul
[en] Mathematical models
[en] N pools
[en] Potentially mineralizable N
[en] Simple and double exponential
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/76554
Arquivos Descrição Formato
000323208.pdf (71.37Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.