Repositório Digital

A- A A+

A expansão urbana sobre o relevo do município de Sapucaia do Sul – RS

.

A expansão urbana sobre o relevo do município de Sapucaia do Sul – RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A expansão urbana sobre o relevo do município de Sapucaia do Sul – RS
Autor Gonçalves, Felipe de Sousa
Orientador Nina Simone Vilaverde Moura
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Dinâmica ambiental
Dinâmica socioeconômica
Expansão urbana
Mapeamento geomorfológico
Sapucaia do Sul (RS)
[en] Geomorphological mapping
[en] Socioeconomic and environmental dynamics
[en] Urban expansion
Resumo Este trabalho se propõe a analisar a expansão urbana sobre o relevo do Município de Sapucaia do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, identificando as formas de relevo presentes no município, as respectivas gêneses morfoestrutural e morfoescultural, combinado com a caracterização do crescimento urbano e indicação de tendências de crescimento. Ao entender a dinâmica geomorfológica em conjunto com as dinâmicas socioeconômicas, o estudo contribui para que o ser humano seja o sujeito do trabalho. Os procedimentos adotados foram pesquisa em instituições públicas, onde estavam mapas e fotografias aéreas base para a elaboração de mapas temáticos, saídas de campo, e trabalhos em laboratório, além de publicações que auxiliaram na compreensão da dinâmica socioeconômica da cidade no seu processo histórico de evolução. De forma a subsidiar outros estudos que tenham como mote o ambiente e o relevo, a geomorfologia atende aos requisitos de uma visão sistêmica da paisagem, abordando e relacionando questões referentes à sociedade e à natureza. Ao elaborar o mapa geomorfológico do município, identificou-se que grande parte da cidade hoje está assentada ou em Formas de Planície ou em Formas de Colinas. Nestes compartimentos ocorrem inundações próximos ao rio dos Sinos e aos arroios do município, além de transtornos de alagamentos na cidade. As grandes áreas que sobraram para serem ocupadas ficam no setor que predomina as Formas de Morros. As transformações na superfície causadas pela ação humana devem ser entendidas e estudadas como ações geomorfológicas, independente da natureza de determinada ação, uma vez que as ações antrópicas são sim parte dos processos geomorfológicos. A partir de uma espacialização daquilo que pode e não pode ser ocupado na cidade, é possível perceber que nem tudo, em um território, tem que cumprir alguma função urbana. As cidades têm suas limitações e o ser humano não tem o total controle sobre elas. Acredita-se que Sapucaia do Sul já cresceu aquilo que havia de crescer em toda a sua história, iniciando agora um período de rearranjo espacial dentro do município, levando a outra configuração urbana.
Abstract This study aims to analyze the urban expansion over the relief of the city of Sapucaia do Sul, state of Rio Grande do Sul, identifying the morfology types present at the municipality, the respective morphostructural and morphosculptural genesis, combined with the characterization of the urban evolution and the indication of sprawling tendencies. When understanding the geomorphologic dynamic in conjunction with the socioeconomic dynamics, the study contributes so that the human being becomes the subject of work. The adopted procedures were research in public institutions, where were found maps and aerial photographs basis for the elaboration of thematic maps, field and laboratory work, besides publications that supported the comprehension of the socioeconomic dynamic of the city on its process of evolution. In order to subsidize other studies that have as their motif the environment and the relief, the geomorphology attends the requirements of a systemic view of the landscape, approaching and relating issues relative to society and nature. When preparing the geomorphological map of the city, it was realized that much of the city sits nowadays either on forms of planes or on forms of hills. At this compartments, it occurs floods near to the river of Sinos and the streams of the municipality, besides flooding nuisances. The large areas that remained to be occupied are localized at the sector were predominates the shapes of noses. The transformations at the surface caused by the human action must be understood and studied as geomorphologic actions, independently of the nature of this action, once the anthropic actions are rather part of the geomorphological process. From an spatialization of what can and what cannot be occupied at the city, it is possible to realize that not everything, in a territory, has to fulfill some urban function. The cities have its limitations and the human being does not have total control over them. It is believed that Sapucaia do Sul has already grew the much it was supposed to in its whole story, and starts now a period of spatial rearrangement, which will lead the city to another urban configuration.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/76851
Arquivos Descrição Formato
000894831.pdf (10.60Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.