Repositório Digital

A- A A+

Osteossíntese de úmero em pombos domésticos (Columba livia) associando-se pinos metálicos e polimetilmetacrilato intramedulares após osteotomia diafisária

.

Osteossíntese de úmero em pombos domésticos (Columba livia) associando-se pinos metálicos e polimetilmetacrilato intramedulares após osteotomia diafisária

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Osteossíntese de úmero em pombos domésticos (Columba livia) associando-se pinos metálicos e polimetilmetacrilato intramedulares após osteotomia diafisária
Outro título Humerus osteosynthesis using intramedullary pins and polymethylmethacrylate in domestic pigeons (Columba livia)
Autor Alievi, Marcelo Meller
Schossler, J. E.
Oliveira, A.N.
Ferreira, P.A.
Traesel, Carolina
Guimarães, L.
Resumo Foram utilizadas 28 aves adultas, separadas aleatoriamente em quatro grupos. Os pombos foram anestesiados com isoflurano para a realização da osteotomia diafisária transversa do úmero direito. No grupo I, a osteossíntese foi realizada associando-se dois pinos de Kirschner e polimetilmetacrilato, intramedulares; no grupo II, os pinos de Kirschner foram substituídos por pinos de Schanz; no grupo III, foram utilizados apenas dois pinos de Kirschner; e, no grupo IV, apenas dois pinos de Shanz. Os tempos médios para a consolidação óssea foram de 29±4,04 dias no grupo I; 24±5,29 dias no grupo II; 33±3,74 dias no grupo III; e 32,9±5,21 dias no grupo IV. Foi observada migração dos pinos em 42,9% dos animais do grupo I, em 0% nos do grupo II, em 85,7% nos do grupo III, e em 28,6% nos do grupo IV. Em duas aves dos grupos I, III e IV notou-se incapacidade de voar. Os resultados demonstram que a associação de dois pinos de Schanz e polimetilmetacrilato, ambos intramedulares, é um método efetivo para osteossíntese de úmero em pombos domésticos (Columba livia), proporcionando rápida consolidação óssea e mínimas complicações.
Abstract Twenty-eight adult domestic pigeons (Columba livia) were randomly divided into four groups of seven birds each. Anesthesia was performed with isoflurane and oxygen, and an osteotomy of the right humerus midshaft was performed with an electric cutter. On the sequence, one of the following treatments was chosen: group I, two Kirschner pins and polymethylmethacrylate intramedullary; group II, two Schanz pins and polymethylmethacrylate intramedullary; group III, two Kirschner pins only; and group IV, two Schanz pins only. The mean time ± standard deviation for fracture healing was 29±4.04 days in group I; 24±5.29 days in group II; 33±3.74 days in group III; 32.9±5.21 days in group IV. Pin migration was observed in 42.9% of the group I animals, 0% of group II, 85.7% of group III, and 28.6% of group IV. Two pigeons of groups I, III, and IV presented flight incapability. The results suggest that two Schanz pins and polymethylmethacrylate intramedullary are an effective method of humeral ostheosynthesis in domestic pigeons (Columba livia), resulting in faster fracture healing with minimal complications.
Contido em Arquivo brasileiro de medicina veterinária e zootecnia= Brazilian journal of veterinary and animal sciences, Belo Horizonte. Vol. 60,n.4, (2008), p. 843-850
Assunto Cirurgia veterinaria
Fratura
Osteossíntese : Fraturas
Pombos
[en] Birds
[en] Fracture
[en] Humerus
[en] Orthopaedic
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77016
Arquivos Descrição Formato
000664784.pdf (570.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.