Repositório Digital

A- A A+

Obstrução intestinal por Pythium insidiosum em um cão : relato de caso

.

Obstrução intestinal por Pythium insidiosum em um cão : relato de caso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Obstrução intestinal por Pythium insidiosum em um cão : relato de caso
Outro título Intestinal obstruction by Pythium insidiosum in a dog : case report
Autor Hünning, Paula Stieven
Rigon, Cristiane Thiesen
faraco, s.p.
Pavarini, A.
Sampaio, D.S.
Beheregaray, Wanessa Kruger
Driemeier, David
Resumo Relata-se um caso de pitiose intestinal em um Husky Siberiano, de um ano de idade, macho atendido em um Hospital Veterinário Escola com sinais de obstrução intestinal. Ao exame físico, notou-se massa cilíndrica na região abdominal cranial, posteriormente confirmada por meio de radiografia e ultrassonografia. Durante a laparotomia exploratória, constatou-se massa extraluminal envolvendo o jejuno e alterações na parede do órgão. Realizou-se a ressecção da porção afetada do intestino e, posteriormente, anastomose. O exame histológico do tecido evidenciou inflamação piogranulomatosa acentuada. Na coloração de prata metenamina de Grocott, hifas septadas foram observadas. O diagnóstico de infecção por Pythium insidiosum foi confirmado por meio da imunoistoquímica. Após a cirurgia, o animal restabeleceu a defecação; no 30° dia pós-cirúrgico, foi relatada ainda presença de diarreia. O tratamento com itraconazol e terbinafina foi instituído durante 60 dias. Após dois anos do procedimento cirúrgico e do tratamento com antifúngicos orais, o cão não apresentou recidiva.
Abstract A case of intestinal pythiosis in a one-year-old male Siberian Husky treated at a Veterinary School Hospital with signs of intestinal obstruction is reported. At physical examination, a cylindrical mass was palpable in the cranial abdomen, later confirmed by radiography and ultrasonography. During the exploratory laparotomy, it was evidenced an extraluminal mass involving the jejunum and alterations of the wall in the organ. After that, a resection of the affected portion of the intestine was made followed by anastomosis. The histologic examination evidenced accented pyogranulomatous inflammation. By the Grocott methenamine silver stain, branching hyphae were observed. The diagnosis of infection by Pythium insidiosum was confirmed by immunohistochemistry. The animal reestablished the defecation after the surgery; on the 30th postoperative day, it was also reported the presence of diarrhea. The treatment with itraconazol and terbinafina was instituted for 60 days. Two years after the surgical procedure and treatment with oral antifungals, the dog did not show recurrence.
Contido em Arquivo brasileiro de medicina veterinária e zootecnia= Brazilian journal of veterinary and animal sciences, Belo Horizonte. Vol. 62, (2010), n.4, p. 801-805
Assunto Clinica veterinaria : Caes
Pitiose
[en] Dog
[en] Immunohistochemistry
[en] Intestinal pythiosis
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77071
Arquivos Descrição Formato
000772473.pdf (312.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.