Repositório Digital

A- A A+

Especificidade de Pyrenophora avenae aos tecidos da semente de avena sativa e sua atividade enzimática

.

Especificidade de Pyrenophora avenae aos tecidos da semente de avena sativa e sua atividade enzimática

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Especificidade de Pyrenophora avenae aos tecidos da semente de avena sativa e sua atividade enzimática
Outro título Specificity of Pyrenophora avenae for kernel tissues of Avena sativa and its enzymatic activity
Autor Bocchese, Carla Azambuja Centeno
Martinelli, Jose Antonio
Matsumura, Aida Terezinha Santos
Federizzi, Luiz Carlos
Dresch, Luís Felipe
Tellier, Marcelo Deamici
Resumo Manchas nos grãos de aveia (Avena sativa) é limitante à sua comercialização por tornar o produto escuro e não permitir seu uso pela indústria alimentícia. A localização do micélio de Pyrenophora avenae nos grãos de aveia e sua atividade enzimática podem esclarecer a causa das manchas. O objetivo deste trabalho foi determinar a localização de P. avenae, na cariopse de aveia, avaliar a sua atividade enzimática e seu efeito sobre proteínas e lipídios dos grãos de aveia. A localização do micélio nos tecidos da cariopse foi determinada após hidratação e cortes da mesma, seguido da análise dos tecidos sob lupa e microscópio. Para avaliação da atividade enzimática foram utilizados 18 isolados de P. avenae obtidos das principais regiões produtoras de aveia do Brasil, avaliando-os quanto às suas atividades amilolítica, proteolítica e lipolítica, sendo realizada por plaqueamento das estruturas vegetativas em meio sólido específico para as enzimas testadas. As determinações do percentual de proteínas e lipídios foram obtidas pelos métodos de Kjeldahl e Bligh & Dyer, respectivamente. O micélio de P. avenae é a principal causa da mancha nos grãos de aveia, localizandose nos três tecidos do pericarpo. O fitopatógeno apresenta boa atividade enzimática para lipase e protease porém insignificante para a amilase. Os grãos de aveia manchados e sadios não diferiram nos teores de proteínas e de lipídios. Esses teores foram mais elevados nos tecidos superficiais do pericarpo e aleurona independente da presença ou não de manchas, justificando o crescimento superficial de P. avenae sobre os grãos de aveia.
Abstract The presence of dark spots on oat (Avena sativa) kernels has been a limiting factor toward their commercialization in Brazil since they make affected kernels less acceptable to the industry. The mycelium localization of Pyrenophora avenae on the kernels and its enzymatic activity may be involved in the cause of the spots. The objectives of this work were to determine the localization of P. avenae mycelium on the caryopsis tissues, its enzymatic activity and its effects on lipids and protein contents. The localization of the mycelium in tissues was determinated by analysis of kernel slices under microscope and stereomicroscope after hydration. The evaluation of the enzymes lipase, protease, and amilase was performed on 18 isolates, selected from the most cultivated areas of southern Brazil, by growing the isolates on enzyme-specific media. Proteins and lipids were analyzed by Kjeldahl and Bligh & Dyer methods, respectively. The P. avenae mycelium is the main cause of kernel spots in oats and its growth is restricted to the cells of the pericarp. Pyrenophora avenae has good lipase and protease enzymatic activity but poor amylase activity. Spotted oat kernels did not differ in protein and lipid content when compared to healthy ones. In particular, their content was higher in the external tissues of the pericarp than in the rest of the grain, regardless of the presence of the spots. These results may explain the superficial growth of P. avenae mycelium in oat cariopsis and its association with the kernel spot.
Contido em Fitopatologia brasileira. Brasília. Vol. 26, n. 2 (jun. 2001), p. 180-184
Assunto Avena sativa
Mancha do grão
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77090
Arquivos Descrição Formato
000309319.pdf (319.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.