Repositório Digital

A- A A+

Análise da variabilidade genética de duas cultivares Raminad Str. 3 utilizadas como diferenciadoras de raças de Pyricularia grisea

.

Análise da variabilidade genética de duas cultivares Raminad Str. 3 utilizadas como diferenciadoras de raças de Pyricularia grisea

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da variabilidade genética de duas cultivares Raminad Str. 3 utilizadas como diferenciadoras de raças de Pyricularia grisea
Outro título Analysis of the genetic variability of two Raminad Str. 3 cultivars used to differentiate Pyricularia grisea races
Autor Maciel, Joao Leodato Nunes
Rodrigues, Paula C. Silvério
Gomes, Paulo A.
Moraes, Marcelo Gravina de
Resumo O conhecimento sobre a ocorrência e distribuição de raças do fungo Pyricularia grisea é um importante aspecto a ser considerado em programas de melhoramento genético de arroz (Oryza sativa). No entanto, para que a identificação das raças seja correta e passível de comparações com outros levantamentos é necessário que os genótipos utilizados apresentem as mesmas características genéticas. O presente trabalho foi realizado com os objetivos de comparar a variação genética entre dois genótipos identificados como pertencentes à cultivar Raminad Str. 3, que é uma das oito cultivares utilizadas como direnciadoras de raças de P. grisea, e examinar a composição de raças deste fungo no estado do Rio Grande do Sul. Constatou-se a amplificação de fragmentos polimórficos em 20 dos 39 marcadores microssatélites utilizados para verificar a pureza genética de dois genótipos de arroz identificados como sendo a cultivar Raminad Str. 3. A identificação das raças baseou-se na reação das oito cultivares diferenciadoras de raças submetidas à inoculação com 85 isolados monospóricos de P. grisea, provenientes de 14 municípios produtores de arroz no Rio Grande do Sul. A avaliação do grau de infecção foi realizada de acordo com a escala preconizada pelo sistema internacional de avaliação de doenças do arroz, 14 dias após a inoculação.
Abstract The knowledge of the occurrence and distribution of races of Pyricularia grisea is important in rice (Oryza sativa) breeding programs. However, for the correct identification of the races of the pathogen and to compare them with other reports, it is necessary to utilize race differential genotypes that exhibit identical genetic characteristic and source. The main objective of this work was compare the genetic variation of two genotypes of Raminad Str. 3 utilized as one of the eight international differentials and to examine the race composition of P. grisea in the State of Rio Grande do Sul, Brazil. Of 39 microsatellite markers used to verify the genetic differences between the two genotypes identified as the Raminad Str. 3, 20 exhibited polymorphism. The race determination was based on the reaction of differentials submitted to inoculation with 85 monosporic isolates from 14 rice growing municipalities of Rio Grande do Sul. The infection types were scored according to the standard evaluation international system for rice diseases, 14 days after inoculation.
Contido em Fitopatologia brasileira. Brasília. Vol. 29, n. 6 (nov./dez. 2004), p. 631-637
Assunto Arroz
Brusone
Doença de planta
Melhoramento genético vegetal
Variabilidade genética
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77123
Arquivos Descrição Formato
000447351.pdf (427.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.