Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da estrutura e dos processos na Atenção Primária à Saúde em Chapecó : um estudo de adequação

.

Avaliação da estrutura e dos processos na Atenção Primária à Saúde em Chapecó : um estudo de adequação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da estrutura e dos processos na Atenção Primária à Saúde em Chapecó : um estudo de adequação
Autor Vitória, Angela Moreira
Orientador Harzheim, Erno
Data 2012
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia.
Assunto Atenção primária à saúde
Avaliação de serviços de saúde
Saúde da família
[en] Family health program
[en] Health services research
[en] Primary health care
Resumo Este estudo buscou avaliar, em um município de médio porte, a adequação da estrutura e dos processos da atenção primária à saúde às orientações disponíveis. Metodologia: Usando um recorte transversal, avaliamos a estrutura, com base nas orientações do Ministério da Saúde, através de entrevistas com as 24 coordenadoras de UBS, e os processos, com base no grau de orientação para APS pelo PCATool-Brasil, através de entrevistas com 98 médicos e enfermeiros. Resultados: Encontramos adequação a uma série de características estruturais e inadequação a outras como, por exemplo, alto número de habitantes por equipe, baixa oferta de consultas, baixa formação profissional para a APS e falta de avaliação sistemática das ações. Da mesma forma, um processo satisfatório em alguns atributos da APS e insatisfatório em acesso de primeiro contato (escore: 3,6) e longitudinalidade (escore: 6,0). Conclusão: A adequação do sistema de saúde de Chapecó implica em ampliar 56 mil consultas médicas/ano, 2 novas UBS, estimular a formação profissional para APS e estimular a avaliação sistemática das ações.
Abstract This study sought evaluate, in the scenario of a mid-size city, the adequacy of the structure and processes of primary health care (PHC) to the directions avaliable. Methodology: Using a cross-sectional study, we evaluate the structure on the basis of the directions of the Health Ministry, through interviews with 24 the coordinators of the Health Basic Units (HBU), and process on the basis of the level measurement for PHC measured by Primary Care Assessment Tool (PCATool-Brazil), through interviews with 98 professional doctors and nurses. Results: We observe accordance with a whole series of structural characteristics directions by the Health Ministry and inadequate to others as, for example, on the high number of inhabitants by team, the low offer of medical consultations, vocational training low for PHC and lack of systematic evaluation of actions. At the same time, it demonstrates a satisfactory process in some attributes of the PHC and unsatisfactory in relation to the first-contact access (score: 3,6) and longitudinality (score: 6,0). Conclusion: The adequacy in Chapecó of the health system, implies enlarge 56 thousand medical consultations/year, 2 new HBU, stimulate vocational training for PHC and encourage the systematic evaluation of actions.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/77232
Arquivos Descrição Formato
000894265.pdf (1.617Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.