Repositório Digital

A- A A+

Percepção da imagem corporal assosciada a indicadores antropométricos e fatores nutricionais em crianças e adolescentes com diagnóstico de transtorno de ansiedade

.

Percepção da imagem corporal assosciada a indicadores antropométricos e fatores nutricionais em crianças e adolescentes com diagnóstico de transtorno de ansiedade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Percepção da imagem corporal assosciada a indicadores antropométricos e fatores nutricionais em crianças e adolescentes com diagnóstico de transtorno de ansiedade
Autor Freitas, Mauren Minuzzo de
Orientador Bosa, Vera Lúcia
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Nutrição.
Assunto Adolescente
Comportamento alimentar
Criança
Imagem corporal
Transtornos de ansiedade
[en] Adolescents
[en] Anxiety
[en] Body image
[en] Children
[en] Eating behavior
Resumo Objetivo: Estudar a relação entre a percepção da imagem corporal associada a fatores nutricionais e índices antropométricos em crianças e adolescentes com diagnóstico de transtonos de ansiedade. Métodos: Estudo transversal realizado em 49 crianças e adolescentes com diagnóstico de ansiedade segundo o DSM-IV. Aplicou-se o Eating Behaviors and Body Image Test (EBBIT), com questões relacionadas ao comportamento alimentar e imagem corporal e escalas de silhuetas. Também avaliou-se o estado nutricional, estadiamento puberal e classificação socioeconômica. Entre os pais avaliou-se o estado nutricional, imagem corporal e a percepção destes em relação aos filhos. Empregaram-se testes qui-quadrado de Pearson e de Fisher sendo considerados significativos quando P<0,05. Resultados: Foi possível observar que segundo a escala de silhuetas, 58,3% da amostra estão insatisfeitos com sua imagem corporal, 14,58% gostariam de perder peso e 100% dos que se enxergam com excesso de peso, realmente estão com de excesso de peso pelo IMC (p<0,001). A percepção que os pais têm da imagem corporal de seus filhos concorda com o estado nutricional real dos mesmos (p<0,001). Quanto à pontuação do EBBIT, encontrou-se associação significativa em relação ao IMC, a percepção da imagem usual e ao TDAH. Entre as crianças que estavam com excesso de peso pela classificação do IMC, 52% fizeram pontuação ≥ percentil 75 (p<0,000) e 70% delas indicaram como silhueta usual a que representa excesso de peso (p<0,002). 24,4% da amostra apresentou TDAH como comorbidade, sendo que destas nenhuma fez pontuação ≥ percentil 75. Conclusão: Este estudo mostra frequência elevada de insatisfação com a imagem corporal e excesso de peso em crianças e adolescentes com Transtorno de Ansiedade.
Abstract Objective: Study the relationship between the perception of body image associated with nutritional factors and anthropometric indices in children and adolescents with Anxiety Disorders. Methods: Cross-sectional study in 49 children and adolescents diagnosed with anxiety according to DSM-IV. We applied the Eating Behaviors and Body Image Test (EBBIT), issues related to eating behavior and body image and silhouette scales. We also evaluated the nutritional status, pubertal stage and socioeconomic status. Among parents evaluated the nutritional status, body image and perception in relation to these children. Were employed chi-square test and Fisher were considered significant when P <0.05. Results: It was observed that according to silhouettes scale, 58.3% of the sample are dissatisfied with their body image, 14.58% would like to lose weight and 100% of those who see themselves as overweight, really are in excess weight by BMI (p <0.001). The perception that parents have of their children's body image agrees with the actual nutritional status of the data (p <0.001). As for the score EBBIT, found a significant association in relation to BMI, the usual image perception and ADHD. Among children who were overweight by BMI classification, 52% had scores ≥ 75th percentile (p <0.000) and 70% of them indicated as usual silhouette that is overweight (p <0.002). 24.4% of the sample had comorbid ADHD, and these made no score ≥ 75th percentile. Conclusion: This study shows a high frequency of dissatisfaction with body image and overweight in children and adolescents with anxiety disorder.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/77311
Arquivos Descrição Formato
000896454.pdf (2.465Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.