Repositório Digital

A- A A+

O uso de derivativos em empresas no RS : estratégia financeira, hedge e aspectos ambientais

.

O uso de derivativos em empresas no RS : estratégia financeira, hedge e aspectos ambientais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O uso de derivativos em empresas no RS : estratégia financeira, hedge e aspectos ambientais
Autor Santos, Elisiane Ferreira dos
Orientador Procianoy, Jairo Laser
Co-orientador Grings, Ricardo
Data 2011
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Gestão de Negócios Financeiros.
Assunto Derivativos
Estratégia : Finanças
Gestão de risco
Rio Grande do Sul
Resumo Com o crescimento do mercado financeiro, uma nova opção de aplicação e captação ganhou força e liquidez entre os agentes econômicos: o mercado de derivativos. Os derivativos são instrumentos financeiros cujos preços estão ligados a outro instrumento que lhes serve de referência, e que podem ser utilizados tanto para proteção (hedge) quanto para especulação nas operações de investimentos. Sabendo-se que a crise econômica mundial do segundo semestre de 2008 teve como cenário principal o risco sistêmico alastrado por contratos derivativos de instituições norte-americanas, o presente trabalho teve por objetivo analisar o comportamento investidor quanto ao uso ou não de operações de derivativos por empresas do Rio Grande do Sul, bem como procurou traçar um paralelo com pesquisas anteriores sobre o comportamento de outras empresas brasileiras nesse mercado. O período de antes e após a crise financeira de 2008 foi o diferencial deste estudo em relação a outras pesquisas. A metodologia aplicada incluiu a pesquisa survey, utilizando-se do questionário como instrumento de coleta de dados junto às empresas. Quanto aos resultados da amostra de empresas respondentes, destaca-se a natureza da propriedade privada nacional familiar e nãofamiliar e com atuação no ramo de comércio. Os derivativos de câmbio foram os mais utilizados, sobressaindo-se a atuação das grandes empresas nesse mercado. Uma das principais conclusões deste estudo é que a redução no uso dos derivativos por parte dos gestores gaúchos pode ter resultado do reflexo dos noticiários negativos envolvendo empresas especulativas nesse mercado.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/77379
Arquivos Descrição Formato
000879697.pdf (261.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.