Repositório Digital

A- A A+

Acordos de Basiléia, supervisão bancária e a crise de 2008

.

Acordos de Basiléia, supervisão bancária e a crise de 2008

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Acordos de Basiléia, supervisão bancária e a crise de 2008
Autor Swarowsky, Dulce Elisabeta
Orientador Lamb, Roberto
Data 2011
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Gestão de Negócios Financeiros.
Assunto Acordo da Basiléia. (2004)
Acordo da Basiléia. (2010)
Brasil
Crise financeira
Supervisão bancária
Resumo Este trabalho procurou analisar as principais causas citadas na literatura para a crise de 2008, com foco na regulamentação proposta pelo Acordo de Basiléia II e na atuação da supervisão bancária. A crise no sistema financeiro de muitos países no ano de 2008, especificamente nos Estados Unidos, teve reflexos no mundo todo. O trabalho faz uma descrição da evolução das propostas do Comitê de Supervisão Bancária de Basiléia ao longo do tempo, Basiléia I, a Emenda de Risco de Mercado de 1996, os 25 Princípios Básicos para Regulação e Atuação dos Supervisores, Basiléia II e das novas propostas que surgiram no período pós-crise, conhecidas como Basiléia III. Aborda os itens propostos por este acordo e que visam, principalmente, o aumento e a qualificação do Capital Mínimo Exigido dos bancos, implantação de um Padrão de Liquidez Global e Padrão de Alavancagem Máxima Global, além do estabelecimento do cronograma de implantação. Embora o país tenha passado pela crise sem maiores problemas, é aderente aos princípios do Acordo de Basiléia e ao Banco Central do Brasil que, no papel de Supervisor Bancário, emitiu o Comunicado 20.615, de 17.2.2011, onde divulgou as orientações preliminares e o cronograma de implantação das novas recomendações para as instituições que atuam no mercado brasileiro. Analisa ainda o impacto destas medidas no Brasil. A análise das principais causas citadas para a crise permite observar que a supervisão bancária não foi capaz de identificar os riscos aos quais o sistema financeiro estava exposto, a partir do que, buscou-se encontrar o que seria um padrão eficaz de supervisão. O método de pesquisa utilizado para execução do trabalho foi o de Natureza Descritiva, com objetivo de descrever e identificar as características e variáveis citadas na literatura e que levaram à crise do Sistema Financeiro em 2008. Traz uma abordagem Qualitativa através do método Estudo de Caso. As pesquisas basearam-se na análise de textos técnicos, artigos de especialistas na área e pesquisa bibliográfica. Para análise dos dados foi utilizada a técnica Análise de Conteúdo.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/77393
Arquivos Descrição Formato
000879300.pdf (743.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.