Repositório Digital

A- A A+

Programas de sustentabilidade rural por meio do credito rural : o caso do município de Monte Castelo - SC

.

Programas de sustentabilidade rural por meio do credito rural : o caso do município de Monte Castelo - SC

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Programas de sustentabilidade rural por meio do credito rural : o caso do município de Monte Castelo - SC
Autor Mattos, Juliana Ruthes de
Orientador Padula, Antonio Domingos
Co-orientador Neutzling, Daiane Mülling
Data 2011
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Gestão de Negócios Financeiros.
Assunto Banco
Crédito rural : Brasil
Resumo O agricultor atualmente precisa de alta produtividade em pequeno espaço de tempo, com risco climático e de preço controlado, tudo de forma sustentável. Para tanto é necessário investimento financeiro na atividade para garantir a produtividade e rentabilidade. No estado de Santa Catarina a maioria dos estabelecimentos agropecuários são pequenas propriedades rurais exploradas por grupos familiares,característica presente no município de Monte Castelo, localizado no Planalto Norte deste Estado. Neste município está sendo implementado o programa de desenvolvimento sustentável com a prática da fruticultura, através da conexão de diversos agentes sociais, econômicos e políticos, estimulados por uma instituição financeira. Assim, o objetivo foi analisar essa implementação do programa de sustentabilidade rural através da concessão de crédito rural para agricultores familiares no município de Monte Castelo-SC. Para tanto o crédito rural foi analisado de forma histórica até os dias atuais. Abordou-se também as linhas de crédito atualmente disponíveis, a agricultura familiar catarinense e a influência do crédito rural na agricultura familiar do estado de Santa Catarina. Estudou-se o crédito rural como facilitador de programa de sustentabilidade rural advindo de instituição financeira e o próprio programa de sustentabilidade desenvolvido em Monte Castelo-SC .Para tanto, foi realizado pesquisa bibliográfica e entrevistas pessoais feitas com representantes das entidades do setor que atuam no programa de sustentabilidade, por exemplo, representante da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A (EPAGRI), da Cooperativa dos fruticultores do Planalto Norte Catarinense, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e agricultores de grupos familiares beneficiados com o programa. Constatou-se a dependência dos beneficiários ao crédito rural principalmente pelo fato da implantação do pomar ter alto custo e a produção ser menor nos primeiros anos. O custo de produção também é alto, assim, o crédito rural para custeio com taxa de juros atrativas é importante para o sucesso da atividade.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/77526
Arquivos Descrição Formato
000894675.pdf (134.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.