Repositório Digital

A- A A+

Os investimentos em qualidade de vida no trabalho bancário

.

Os investimentos em qualidade de vida no trabalho bancário

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os investimentos em qualidade de vida no trabalho bancário
Autor Nascimento, Leonardo Moraes
Orientador Antunes, Elaine di Diego
Co-orientador Griza, Anne
Data 2011
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Gestão de Negócios Financeiros.
Assunto Ginástica laboral
Qualidade de vida no trabalho
Setor bancário
Resumo Objetiva-se com este estudo avaliar os benefícios da implantação do Programa de Qualidade de Vida no Trabalho nas agências do Banco Gaúcho, identificar as razões que levam os funcionários a participar ou não desta atividade; verificar como os funcionários do Banco avaliam as iniciativas para este programa, e também identificar a visão dos mesmos em relação aos investimentos efetuados na operacionalização do QVT. Para tanto foi utilizada a pesquisa quantitativa aplicada a 40 funcionários das Agências Bairro Humaitá e Glória, na cidade de Porto Alegre/RS. As variáveis observadas foram objetivas, com taxa de erro pequena nos resultados, desta forma a pesquisa foi realizada pelo método de levantamento estatístico através de um questionário estruturado, o qual foi desenvolvido com adaptações dos questionários de Mow (1987) e Morin (1996). Entre os pontos elencados, verificou-se que os funcionários buscam qualificação para conseguir crescer dentro da organização; e ainda, que o QVT tem boa aceitação dentro da organização, sendo uma alternativa atual para as organizações combaterem os efeitos negativos no ambiente organizacional. Em certa parte da pesquisa os entrevistados ressaltaram que o volume de recursos disponibilizados deve ser aumentado, pois os profissionais de Massagem Terapêutica (TP) ou Ginástica Laboral (GL) prestam no máximo duas seções ao mês com duração de quinze minutos cada. A formulação do questionário aplicado trouxe embasamento importante para a percepção da QVT pelos funcionários. Conclui-se que os objetivos deste estudo foram alcançados, pois se conseguiu mensurar o grau de satisfação dos colaboradores em relação aos investimentos em qualidade de vida, esperando que tais resultados forneçam subsídios para ações relacionadas à melhoria.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/77549
Arquivos Descrição Formato
000895174.pdf (351.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.