Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do potencial alelopático de genótipos de aveia no final do ciclo

.

Avaliação do potencial alelopático de genótipos de aveia no final do ciclo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do potencial alelopático de genótipos de aveia no final do ciclo
Outro título Evaluation of allelopathic potential of oat genotypes at the end of life cycle
Autor Jacobi, Ubirata Soares
Fleck, Nilson Gilberto
Resumo Em sistemas de cultivo em semeadura direta, a aveia é uma das culturas de inverno mais importantes entre as que são utilizadas para formação de cobertura morta. Nos tecidos da aveia existem aleloquímicos, o que torna importante o entendimento deste fenômeno nesta cultura. Através da análise da palha de resíduos de genótipos de aveia, bem como dos seus aleloquímicos, poder-se-á obter uma avaliação ampla do seu potencial alelopático. Nesta análise, pode-se verificar que os genótipos de aveia mantém o potencial alelopático no final do ciclo de vida, revelando-se com maior efeito alelopático UFRGS 6, UFRGS 9, UFRGS 10 e UPF 13. Ao mesmo tempo, os genótipos que exibem menor efeito alelopático são UFRGS 12, UFRGS 17, UFRGS 884077 e UPF 12. Os efeitos produzidos por compostos aleloquímicos (ácidos fenólicos) são similares aos provocados pelos extratos dos genótipos de aveia, mostrando uma relação entre o efeito alelopático dessas substâncias e os genótipos testados. Os aleloquímicos apresentam maior fitotoxicidade para as infestantes do que para as culturas, assim como ocorre com os resíduos de genótipos de aveia.
Abstract In no-till cropping systems, oat represents one of the winter most important crops among those that are used to form cover crops. The presence of allelochemicals in its tissues point to the importance of understanding this phenomenon in the crop. By analyzing the straw of oat genotypes and its allelochemicals, it is possible to obtain a evaluation of its allelopathic potential. Results of this study show that oat genotypes maintain their allelopathic potential during the final period of the life cycle. Genotypes that present greater allelopathic effects during that period are UFRGS 6, UFRGS 9, UFRGS 10, and UPF 13. Genotypes that exhibit least allelopathic effects during the same period are UFRGS 12, UFRGS 17, UFRGS 884077, and UPF 12. The effects produced by allelochemical compounds (phenolic acids) are similar to those brought about by oat genotypes extracts, suggesting a cause and effect relationship between the allelopathic effect of these substances and the tested genotypes. The allelochemical compounds present greater inhibitory effects to weed species (Alexandergrass) than to crop species (soybean), which also coincide with results obtained by crop residues produced by oat genotypes.
Contido em Planta Daninha. Londrina, Pr. vol. 16, n. 2 (1998), p.187-207
Assunto Aveia : Melhoramento genetico vegetal : Alelopatia : Genotipo : Ciclo de vida
[en] Allelopathy
[en] Avena fatua
[en] Avena sativa
[en] Avena strigosa
[en] Phenolic acids
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77575
Arquivos Descrição Formato
000236203.pdf (182.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.