Repositório Digital

A- A A+

Efeito da cobertura do solo sobre a mortalidade de sementes de capim-marmelada em duas profundidades no solo

.

Efeito da cobertura do solo sobre a mortalidade de sementes de capim-marmelada em duas profundidades no solo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito da cobertura do solo sobre a mortalidade de sementes de capim-marmelada em duas profundidades no solo
Outro título Straw on the soil surface affects the seed mortality of alexandergrass placed at two depths
Autor Vidal, Ribas Antonio
Theisen, Giovani
Resumo Conduziu-se um experimento na Estação Experimental Agronômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Eldorado do Sul, RS, no ano agrícola 1996/97, para avaliar a mortalidade de sementes de capim-marmelada (Brachiaria plantaginea) colocadas sob cinco níveis (0 a 10 t/ha) de resíduo de aveia-preta (Avena strigosa) sobre o solo, duas profundidades das sementes (2 e 10 cm) e cinco períodos de enterrio (de 40 a 300 dias). Níveis de palha na superfície do solo inferiores a 5,2 t/ha aceleram a mortalidade de sementes. Sementes de capim-marmelada posicionadas a 2 cm da superfície do solo apresentaram maior mortalidade do que aquelas posicionadas a 10 cm, exceto em solo desnudo, onde a mortalidade foi similar para sementes em ambas profundidades. O período de tempo necessário para se obter 50% de mortalidade das sementes de capim-marmelada foi 5 e 72 dias, quando a superfície do solo se encontrava sem palha ou com 10,5 t/ha de palha, respectivamente. Os resultados sugerem que técnicas de manejo da cultura que mantenham as sementes de B. plantaginea próximas à superfície do solo aumentam a mortalidade das sementes tendo maior potencial de reduzir novas infestações do que técnicas que acumulem palha na superfície do solo.
Abstract A field experiment was conducted at the Universidade Federal do Rio Grande do Sul, in Eldorado do Sul, RS, Brazil, during 1996/97, to assess alexandergrass (Brachiaria plantaginea) seed mortality placed under five levels (0 to 10,5 t/ha) of black oat residues, two seed depths (0 and 2 cm), and five burial periods (40 to 300 days after straw management). Straw levels below 5,2 t/ha increase seed mortality. Seeds placed at 2 cm had higher mortality than at 10 cm, except at bare soil, when the seed mortality was similar at both seed depths. The time necessary to get 50% seed mortality was 5 and 72 days after straw placement, for straw levels of 0 and 10,5 t/ha, respectively. The results suggest crop management techniques that keep weed seeds unburried have more potential to reduce the weed infestation than techniques that accumulate high levels of residues at the soil surface, because of increased weed seed mortality.
Contido em Planta daninha. Vol. 17, n. 3 (1999), p. 339-344
Assunto Papua : Erva daninha : Semente : Palha : Cobertura vegetal : Matologia
[en] Brachiaria plantaginea
[en] Crop residues
[en] No-till
[en] Soil conservation
[en] Weed
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77585
Arquivos Descrição Formato
000282766.pdf (114.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.