Repositório Digital

A- A A+

Estratégia de desenvolvimento regional sustentável da agência do Banco do Brasil de Cantagalo/PR : limites e potencialidades

.

Estratégia de desenvolvimento regional sustentável da agência do Banco do Brasil de Cantagalo/PR : limites e potencialidades

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estratégia de desenvolvimento regional sustentável da agência do Banco do Brasil de Cantagalo/PR : limites e potencialidades
Autor Coelho, Luzia Bucco
Orientador Carrion, Rosinha da Silva Machado
Co-orientador Lorenzetti, Julia Vaz
Data 2011
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Gestão de Negócios Financeiros.
Assunto Desenvolvimento regional
Responsabilidade social
Sustentabilidade
Resumo O desenvolvimento, associado ao conceito de sustentabilidade, é um tema em evidência na atualidade. As organizações buscam desenvolver mecanismos de interação com a comunidade por meio de programas socialmente responsáveis objetivando implementar soluções que viabilizem o crescimento econômico associado à inclusão social e ao respeito ao meio ambiente. Nessa perspectiva, o Banco do Brasil, por meio da Estratégia de Desenvolvimento Regional Sustentável (DRS), busca contribuir com o desenvolvimento de comunidades a partir de projetos que apoiem atividades produtivas economicamente viáveis, socialmente justas e ambientalmente corretas. No entanto, considerando que nem sempre tais objetivos são alcançados, esta pesquisa objetiva analisar as potencialidades e limites da Estratégia de DRS da agência do Banco do Brasil da cidade de Cantagalo/PR, cujas atividades contemplam a bovinocultura leiteira. Para isso, foi realizado um estudo de caso, dentro do âmbito da pesquisa qualitativa que compilou dados obtidos por meio de entrevistas, observação participante e pesquisa documental e bibliográfica. Após a identificação das potencialidades e limitações da Estratégia de DRS, observou-se que embora na maioria das ações das quais o BB era atuante houvesse vários pontos positivos, a configuração da cadeia produtiva do leite deixava a desejar no quesito comercialização, que ocorre de forma independente e é onde existe a necessidade de fortalecimento de movimentos sociais que incentivem a associação para melhoramento do escoamento em escala e consequente valorização do produto local.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/77620
Arquivos Descrição Formato
000896048.pdf (646.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.