Repositório Digital

A- A A+

Antagonismo na associação de glyphosate e triazinas

.

Antagonismo na associação de glyphosate e triazinas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Antagonismo na associação de glyphosate e triazinas
Outro título Antagonism with glyphosate and triazine combinations
Autor Vidal, Ribas Antonio
Machry, Marcos
Hernandes, Gustavo Cantori
Fleck, Nilson Gilberto
Resumo No sistema de semeadura direta, há a necessidade de realizar o controle da vegetação existente na área antes da semeadura da cultura e também de utilizar herbicidas residuais para evitar a infestação de plantas daninhas no período inicial do desenvolvimento da cultura. É interesse dos agricultores utilizar herbicidas dessecantes e residuais simultaneamente, a fim de economizar tempo e recursos financeiros. O objetivo deste trabalho foi verificar a compatibilidade de glyphosate e triazinas quando associados no tanque do pulverizador. O experimento foi realizado em campo, na safra de crescimento 2001-2002. Utilizou-se como planta reagente o sorgo, híbrido Dekalb 865, semeado em novembro de 2001. Os tratamentos herbicidas foram aplicados 60 dias após a semeadura, quando as plantas estavam com 1,0 m, no início do emborrachamento. Os tratamentos consistiram de glyphosate nas doses de 540, 720 e 900 g ha-1, aplicado isoladamente ou associado a simazine + atrazine (Primatop SC) nas doses de 1.750 + 1.750 g ha-1. Também foram testados um tratamento sem herbicidas e outro apenas com o herbicida residual. As avaliações de controle e de teores de clorofila indicaram efeitos antagônicos para as três doses de glyphosate. Os efeitos antagônicos da associação dos herbicidas reduzem de intensidade com o aumento da dose do glyphosate ou com o decorrer do tempo.
Abstract The no-tillage system requires herbicide spraying before planting to eliminate the existing weeds in the area and residual herbicides to prevent new weed infestation during the crop cycle. Farmers tend to spray both groups of herbicide simultaneously to reduce costs and application time. The objective of this work was to verify the compatibility of glyphosate and triazine as a tank mix. An experiment was conducted under field conditions during the 2001- 2002 growing season, using sorghum as a model to evaluate the herbicide mixture compatibility. Sorghum hibrid Dekalb 865 was planted in November 2001 and the treatments were sprayed 60 days after planting, when the plants were 100 cm tall and at the boot stage. Treatments consisted of glyphosate at 540, 720 and 900 g ha-1, sprayed alone or in mixture with simazine + atrazine (Primatop SC) at 1750 + 1750 g ha-1. Treatments also included an untreated control and the residual herbicides used alone. The results of plant control and chlorophyll content indicated a severe antagonism in the glyphosate and triazine combination. Herbicide antagonism reduced with increment of glyphosate rate or at late assessment periods.
Contido em Planta daninha. Londrina, PR. Vol. 21, n. 2 (2003), p. 301-306
Assunto Herbicida
Plantio direto
Sorgo
[en] Atrazine
[en] Mixture
[en] No-tillage
[en] Simazine
[en] Sorghum bicolor
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77689
Arquivos Descrição Formato
000384012.pdf (123.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.