Repositório Digital

A- A A+

Seleção de plantas para fitorremediação de solos contaminados com picloram

.

Seleção de plantas para fitorremediação de solos contaminados com picloram

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Seleção de plantas para fitorremediação de solos contaminados com picloram
Outro título Plant selection for phytoremediation of soils contaminated with picloram
Autor Carmo, M. L.
Procópio, Sérgio de Oliveira
Pires, Fábio Ribeiro
Cargnelutti Filho, Alberto
Barroso, Alberto Leão de
Silva, Gilson Pereira
Carmo, E. L.
Braz, G. B. P.
Silva, W. F. P.
Braz, Antonio Joaquim Braga Pereira
Pacheco, Leandro Pereira
Resumo Uma das primeiras etapas quando se inicia um programa de fitorremediação de herbicidas é a avaliação da tolerância das espécies vegetais selecionadas ao respectivo contaminante. Registrado para uso no Brasil, o picloram apresenta elevada persistência no solo, podendo causar problemas de carryover e de contaminação de águas subterrâneas. Em decorrência disso, objetivou-se com este trabalho selecionar espécies que apresentem tolerância à presença do picloram no solo, para utilização futura em programas de fitorremediação de solos contaminados com este herbicida. O experimento foi realizado no período de outubro a dezembro de 2005, em casa de vegetação em Rio Verde/GO. Os tratamentos foram compostos pela combinação entre 19 espécies vegetais [Brachiaria brizantha (cv. Marandu); Brachiaria brizantha (cv. MG-5 Vitória); Brachiaria brizantha (cv. Mulato); Brachiaria decumbens; Brachiaria humidicola; Brachiaria ruziziensis; Panicum maximum (cv. Massai); Panicum maximum (cv. Mombaça); Panicum maximum (cv. Tanzânia); Pennisetum purpureum x Pennisetum glaucum – capim-elefante (cv. Paraíso); Eleusine coracana - capim-pé-de-galinhagigante; Pennisetum glaucum - milheto (cv. ADR-300); Pennisetum glaucum - milheto (cv. ADR- 500); Sorghum bicolor x Sorghum sudanense - Cover Crop; Sorghum bicolor x Sorghum sudanense – sorgo (cv. Jumbo); Paspalum atratum – capim-pojuca; Zea mays – milho (híbrido Coodetec 208); Canavalia ensiformis - feijão-de-porco; e Stizolobium aterrimum – mucuna-preta] e de cinco doses do picloram (0, 80, 160, 320 e 640 g ha-1), totalizando 95 tratamentos. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 19 x 5, com quatro repetições. As plantas foram cultivadas em solo classificado como Latossolo Vermelho eutroférrico; após o preenchimento e umedecimento dos vasos, aplicou-se o picloram. Quinze dias após a aplicação do herbicida foi realizada a semeadura das espécies vegetais. Após a análise dos resultados, constatou-se que as espécies Zea mays – milho (híbrido Coodetec 208), Sorghum bicolor x Sorghum sudanense - Cover Crop, Eleusine coracana - capim-pé-de-galinha-gigante, Brachiaria brizantha (cv. MG-5 Vitória), Pennisetum glaucum - milheto (cv. ADR-500), Brachiaria decumbens, Brachiaria ruziziensis, Brachiaria humidicola, Pennisetum glaucum - milheto (cv. ADR-300), Brachiaria brizantha (cv. Mulato), Sorghum bicolor x Sorghum sudanense – sorgo (cv. Jumbo), Panicum maximum (cv. Tanzânia), Panicum maximum (cv. Mombaça) e Panicum maximum (cv. Massai) apresentaram tolerância à atividade residual do picloram no solo, podendo ser inseridas inicialmente para avaliação em programas de fitorremediação desse herbicida.
Abstract To initiate a phytoremediation program, the first step is to evaluate the tolerance of selected species to its contaminant. Registered for use in Brazil, picloram may cause carryover and underground water contamination problems due to its high persistence on soil. Thus, this work aimed to select species tolerant to picloram in soil contaminated with this herbicide for posterior use in phytoremediation programs. The experiment was carried out in a greenhouse, in Rio Verde-GO, from October to December of 2005. The treatments consisted of combinations of 19 plant species [Brachiaria brizantha (cv. Marandu); Brachiaria brizantha (cv. MG-5 Vitória); Brachiaria brizantha (cv. Mulato); Brachiaria decumbens; Brachiaria humidicola; Brachiaria ruziziensis; Panicum maximum (cv. Massai); Panicum maximum (cv. Mombaça); Panicum maximum (cv. Tanzânia); Pennisetum purpureum x Pennisetum glaucum (cv. Paraíso); Eleusine coracana; Pennisetum glaucum (cv. ADR-300); Pennisetum glaucum (cv. ADR-500); Sorghum bicolor x Sorghum sudanense - Cover Crop; Sorghum bicolor x Sorghum sudanense (cv. Jumbo); Paspalum atratum; Zea mays (hibrid Coodetec 208); Canavalia ensiformis; and Stizolobium aterrimum] and five rates of picloram (0, 80, 160, 320 and 640 g ha-1), in 95 treatments. The experiment was arranged in a randomized block design in a factorial scheme 19 X 5, with four replications. Samples of eutroferric Red Latosol were used as substrate to plant growth, with the herbicide applied after filling and humidifying the pots, and after 15 days, seeds from the plant species were sown. After analyzing the results, Zea mays (hybrid Coodetec 208), Sorghum bicolor x Sorghum sudanense - Cover Crop, Eleusine coracana, Brachiaria brizantha (cv. MG-5 Vitória), Pennisetum glaucum (cv. ADR-500), Brachiaria decumbens, Brachiaria ruziziensis, Brachiaria humidicola, Pennisetum glaucum (cv. ADR-300), Brachiaria brizantha (cv. Mulato), Sorghum bicolor x Sorghum sudanense (cv. Jumbo), Panicum maximum (cv. Tanzânia), Panicum maximum (cv. Mombaça) and Panicum maximum (cv. Massai) showed tolerance to herbicide carryover on soil, thus these species may be initially evaluated in phytoremediation programs of this herbicide.
Contido em Planta daninha. Londrina. Vol. 26, n. 2 (abr./jun. 2008), p. 301-313
Assunto Plantas forrageiras
[en] Auxin herbicides
[en] Carryover
[en] Forage
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77723
Arquivos Descrição Formato
000641532.pdf (2.265Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.