Repositório Digital

A- A A+

Noção de Knowing-in-practice : um estudo etnográfico em um ambiente de desenvolvimento de software

.

Noção de Knowing-in-practice : um estudo etnográfico em um ambiente de desenvolvimento de software

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Noção de Knowing-in-practice : um estudo etnográfico em um ambiente de desenvolvimento de software
Autor Ávila, Vinicius Porto de
Orientador Antonello, Cláudia Simone
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Aprendizagem organizacional
Conhecimento
Estratégia
Práticas de trabalho
[en] Ethnography
[en] Knowledge
[en] Organizational learning
[en] Practice-based theories
[en] Software development
Resumo Ao longo das últimas décadas, um crescente número de autores tem enfatizado a centralidade e a importância estratégica do conhecimento dentro das organizações. Apesar dos esforços significativos de pesquisadores de vários domínios, a tarefa de compreender o conhecimento organizacional permanece controversa. Duas escolas de pensamento contrastantes desempenham funções importantes na formação do discurso dominante, tanto na esfera acadêmica quanto no mundo gerencial: a visão tecno-racional da gestão do conhecimento (knowledge management) e a perspectiva social construtivista do conhecimento na prática (knowing-in-practice). O conceito de knowing-in-practice está situado dentro de dois grandes eixos teóricos: aprendizagem organizacional e teorias baseadas em prática. Meu objetivo nesse estudo foi identificar e compreender o knowing-in-practice dos indivíduos organizacionais pesquisados a partir das práticas de trabalho. Para isso, além de identificar e descrever as práticas de trabalho do grupo, também foi preciso descrever e analisar as relações estabelecidas entre os integrantes da equipe. Para viabilizar a pesquisa, desenvolvi um estudo etnográfico, realizado entre os meses de setembro de 2011 e dezembro de 2012, em uma equipe de desenvolvedores de software, situada em Porto Alegre (RS). De modo complementar, esclareço algumas noções importantes da área de desenvolvimento de software, principalmente em relação às metodologias ágeis. Após descrever o espaço físico e o cotidiano dos profissionais, o movimento de entrada e saída de integrantes da equipe, a comunicação e as práticas dos desenvolvedores, identifico e analiso o knowing-in-practice da equipe, esse situado nos artefatos, na dinâmica das interações, na linguagem e no contexto físico. O knowing-in-practice está diretamente relacionado ao ato de fazer uma ação ou atividade, ele é produzido localmente de forma emergente, situada e ativa. O knowing se caracteriza como um fluxo constante de saberes e fazeres, por isso seu caráter dinâmico, temporário e presente através das práticas.
Abstract Over the past decades, a growing number of authors have emphasized the centrality and strategic importance of knowledge within organizations. Despite the significant efforts of researchers from various fields, the task of understanding organizational knowledge remains controversial. Two contrasting schools of thought play important roles in the formation of the dominant discourse, both in the academic and in the managerial world: the techno-rational view of knowledge management and the social constructivist perspective of knowledge in practice (knowing-in-practice.) The concept of knowing-in-practice is located within two major theoretical axes: organizational learning and practice-based theories. My goal in this study was to identify and understand the knowing-in-practice of the organizational individuals surveyed from their working practices. For this, besides to identify and describe the working practices of the group, was also necessary to describe and analyze the relationships established between team members. In order to enable the research, I conducted an ethnographic study, between the months of September 2011 and December 2012, in a team of software developers located in Porto Alegre (RS). In a complementary way, I clarify some important notions in the area of software development, particularly in relation to the agile methodologies. After describing the physical space and the everyday work of the professionals, the movement of incoming and outgoing team members, the communication and the working practices of the developers, I identify and analyze the knowing-in-practice of the team, located in the artifacts, in the dynamics of interactions, in the language and in the physical context. The knowing-in-practice is directly related to the act of making an action or activity; it is locally produced in an emergent, situated and active form. The knowing is characterized as a steady flow of know-hows, so its dynamic, temporary and through the practices nature.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/77756
Arquivos Descrição Formato
000897461.pdf (2.560Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.