Repositório Digital

A- A A+

A variação do ditongo nasal ão nas comunidades bilíngues de Panambi e Flores da Cunha, no Rio Grande do Sul

.

A variação do ditongo nasal ão nas comunidades bilíngues de Panambi e Flores da Cunha, no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A variação do ditongo nasal ão nas comunidades bilíngues de Panambi e Flores da Cunha, no Rio Grande do Sul
Autor Horbach, Aline Regina
Orientador Schwindt, Luiz Carlos da Silva
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Análise lingüística
Bilingüismo
Comunidade bilíngue
Ditongo
Flores da Cunha (RS)
Fonética
Fonologia
Linguagem e línguas
Língua portuguesa
Panambi (RS)
Teoria da variação
Variação lingüística
[en] Bilingualism
[en] Language variation
[en] Nasal diphthong [ãw]
Resumo O trabalho tem como tema o estudo da variação do ditongo nasal ão em sílaba final de vocábulo (ex. pão ~ pon; tiravam ~ tiravon) por falantes bilíngues de português-alemão e português-italiano das comunidades de Panambi e Flores da Cunha, respectivamente. A decisão por investigar essas comunidades deve-se à constatação preliminar de que tal fenômeno é característico de comunidades bilíngues cujas línguas de origem não possuem ditongos nasais. A amostra constitui-se de 16 entrevistas do PROJETO VARSUL (Variação Linguística Urbana na Região Sul). Dados do PROJETO ALERS (Atlas Linguístico-Etnográfico da Região Sul do Brasil) de comunidades bilíngues de alemão e de italiano contribuíram para enriquecer a discussão. No presente estudo, a variável dependente, a alternância do ditongo nasal ão/am ~on em final de vocábulo, é examinada frente a possíveis condicionadores linguísticos e extralinguísticos, suas variáveis independentes. As variáveis linguísticas analisadas são Tonicidade do Alvo, Extensão do Vocábulo, Classe Gramatical, Número (Singular ou Plural) e Contexto Precedente. De forma geral, o fenômeno se aplica em sílabas finais tônicas de palavras no singular, fazendo uma leve distinção entre palavras longas e curtas. Além disso, como se trata de uma variação fonética de superfície, a classe gramatical não parece ser relevante nesse processo, ainda que deva incidir mais significativamente sobre alguns itens lexicais em específico. Quanto às variáveis extralinguísticas, foram analisados Localidade Bilíngue, Idade, Sexo e Escolaridade. De forma geral, o processo não faz distinção importante entre as duas localidades bilíngues analisadas, mas se aplica mais entre os menos escolarizados, por seu menor contato com a modalidade padrão da língua portuguesa. Além disso, o processo aplica-se mais entre homens com mais de 50 anos, em virtude de seu grau de bilinguismo e, possivelmente, por as mulheres dessas comunidades evitarem mais do que os homens variantes desprestigiadas. Os resultados foram analisados estatisticamente pelo programa GOLDVARB X e discutidos na perspectiva da Teoria da Variação, proposta por Labov (1969, 1972).
Abstract This dissertation deals with the variation of the nasal diphthong [ãw] in final syllable of word position (ex. pão ~ pon; tiravam ~ tiravon) by bilingual speakers of German and Italian communities from Panambi and Flores da Cunha, respectively. The decision to investigate these communities due to the preliminary conclusion, that this phenomenon is characteristic of bilingual communities whose languages of origin do not have nasal diphthongs. The sample is constituted of 16 interviews from VARSUL PROJECT (Urban Linguistic Variation in South Region). Data from ALERS PROJECT (Linguistic-Ethnographic Atlas of Southern Brazil) communities bilingual German and Italian contributed to enrich the discussion. In this study, the dependent variable, the alternation of the nasal diphthong ão/am ~ on at the end of word, is examined against possible linguistic and extra linguistic conditioners, their independent variables. The linguistic variables analyzed are Target Toning, Extension of the Word totally, Grammar Class, Number (singular or plural) and Previous Context. In general, the phenomenon applies in tonic final syllables of words in the singular, making a slight distinction between long and short words. Moreover, as it is a phonetic variation of surface, the grammar class is not relevant in this process, although it should focus more significantly on some lexical items in particular. Concerning to the extralinguistic variables, were analyzed bilingual Place, Age, Gender and Education. In general, the process does not distinguish between the two major bilingual cities analyzed, but applies more among the less educated, on the slightest contact with the standard form of the Portuguese language. Furthermore, the process applies more among men over 50 years, because of their degree of bilingualism and, possibly, by the fact the women these communities more than men discredited variants. The results were statistically analyzed by the GOLDVARB X and discussed from the perspective of the Theory of Change, proposed by Labov (1969, 1972).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/77757
Arquivos Descrição Formato
000896755.pdf (8.679Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.