Repositório Digital

A- A A+

O tradicionalismo gaúcho em cena : a experiência do teatro folclórico Em não te assusta, Zacaria!

.

O tradicionalismo gaúcho em cena : a experiência do teatro folclórico Em não te assusta, Zacaria!

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O tradicionalismo gaúcho em cena : a experiência do teatro folclórico Em não te assusta, Zacaria!
Autor Mendonça, Renato Duarte
Orientador Massa, Clovis Dias
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas.
Assunto Análise contextual
Analise teatral
História do teatro
Teatro folclórico
Tradicionalismo
[en] Contextual analysis
[en] History
[en] Lessa, Barbosa
[en] Não te assusta, Zacaria!
[en] Theater
Resumo Este trabalho tem como objetivo analisar a peça Não te assusta, Zacaria!, estreada em Porto Alegre, no Theatro São Pedro, em 6 de abril de 1956, com texto e direção de Barbosa Lessa, com base no método de análise contextual. Marco de Marinis (1997) descreve esse método de análise como “uma prática exegética particular, ou seja, ler os documentos e relacioná-los com outros documentos, iluminando-os e complementando-os reciprocamente”. Em nosso caso, implica que não nos restringimos à análise do texto dramático e à discussão do texto espetacular de Não te assusta, Zacaria! – também detalhamos e analisamos os vários contextos que serviram de pano de fundo para sua criação, sejam eles sociais, econômicos, políticos, culturais ou estéticos. Para tanto valemo-nos de documentos como o roteiro dramático da peça, da pesquisa bibliográfica e em arquivos de jornais e revistas da época, e de depoimentos colhidos junto a pessoas envolvidas diretamente na produção, jornalistas que cobriram a peça, artistas ligados ao teatro àquele tempo em Porto Alegre e público que esteve na plateia de Não te assusta, Zacaria!.
Abstract This paper aims at carrying out a contextual analysis of the play Não te assusta, Zacaria!, written and directed by Barbosa Lessa and performed at the São Pedro Theater, in Porto Alegre, on April 6, 1956. Marco de Marinis (1997) describes the contextual analysis as "an exegetical practice that involves reading documents and relating them to other documents, enlightening them and complementing one another". In our case, this implies that the analysis will not be restricted to the dramatic or the spectacular text of Não te assusta, Zacaria!, but that it will take into consideration the contextual background of its creation, namely the social, economic, political, cultural or aesthetic circumstances surrounding both its playwriting and its performance. The documents analyzed include the script, newspapers and magazines clippings about the performance and testimonies given by the people directly involved in the production, journalists covering the play, actors and other artists who participated in the cultural scene of Porto Alegre at that time and spectators.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/77889
Arquivos Descrição Formato
000897708.pdf (24.37Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.