Repositório Digital

A- A A+

Persistência do herbicida imazaquin associado ao glyphosate ou paraquat em plantio direto

.

Persistência do herbicida imazaquin associado ao glyphosate ou paraquat em plantio direto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Persistência do herbicida imazaquin associado ao glyphosate ou paraquat em plantio direto
Outro título Persistence of imazaquin Associated to glyphosate or paraquat under no-tillage
Autor Vidal, Ribas Antonio
Nunes, A. L.
Resumo A prática de associar herbicidas residuais no momento da dessecação tem ganhado destaque em razão da possibilidade de mitigar problemas decorrentes da resistência de plantas daninhas a herbicidas. Objetivou-se com este trabalho determinar a persistência do herbicida residual imazaquin, associado com os herbicidas dessecantes glyphosate ou paraquat em plantio direto. O trabalho foi realizado em campo e em câmara de crescimento, sob Argissolo Vermelho distrófico típico, contendo 28% de argila. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com quatro repetições, sendo os tratamentos distribuídos em parcelas subdivididas. Nas parcelas principais, foram aplicados os herbicidas paraquat (600 g ha-1) ou glyphosate (720 g ha-1); e nas subparcelas, o herbicida residual imazaquin (300 g ha-1) associado ou aplicado sequencialmente aos herbicidas dessecantes, além de uma testemunha contendo apenas herbicida glyphosate, sem aplicação do herbicida residual. A persistência do imazaquin é maior na presença do glyphosate do que na do paraquat. Não há diferença entre aplicação simultânea e sequencial dos herbicidas dessecantes e residuais.
Abstract The practice of associating non-selective and residual herbicides is becoming increasingly used as it may mitigate problems related to weed resistance to herbicides. This work aimed to evaluate the persistence of the residual herbicide imazaquin when applied simultaneously or in sequence to the non-selective herbicides paraquat and glyphosate, under field conditions and growing chamber, respectively. The experiment was carried out the Agronomic Experimental Station of the Universidade Federal do Rio Grande do Sul (EEA/UFRGS), and at the School of Agronomy of the UFRGS using typical Dystrophic Red Argisol (Ultisol) composed by 28% of clay. The experiments were arranged in a randomized block design, in split-plots with four replications. The non-selective herbicides (paraquat, 600 g ha-1 or glyphosate 720 g ha-1) were applied on the main plots and the residual herbicide imazaquin (300 g ha-1) on the subplots,sequentially or in association with the non-selective herbicides, plus a control, where only a non-selective herbicide was applied. The persistence of imazaquin is longer in the presence of glyphosate when compared to paraquat. No difference was found between simultaneous and sequential application of the non-selective and residual herbicides.
Contido em Planta daninha. Viçosa, MG. Vol. 28, n. 4 (2010), p. 817-823
Assunto Herbicida
[en] Bioassay
[en] Dissipation kinetics
[en] Half-life
[en] Residual
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77911
Arquivos Descrição Formato
000837892.pdf (596.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.