Repositório Digital

A- A A+

Formas de reconhecimento existentes em trabalhadores da CAGE e a relação com a saúde mental

.

Formas de reconhecimento existentes em trabalhadores da CAGE e a relação com a saúde mental

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Formas de reconhecimento existentes em trabalhadores da CAGE e a relação com a saúde mental
Autor Dal Bosco, Cristine
Orientador Merlo, Alvaro Roberto Crespo
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Prazer
Satisfação no trabalho
Saúde do trabalhador
Saúde mental
Sofrimento
[en] Mental health
[en] Psychodynamics of work
[en] Public employees
[en] Recognition
[en] Work
Resumo Esta dissertação de caráter investigativo discute o reconhecimento na CAGE (Controladoria Geral do Estado) relacionando o mesmo com a saúde mental dos trabalhadores. Aponta para as formas de reconhecimento formal e informal que os trabalhadores encontram no ambiente de trabalho. Utiliza o recurso da entrevista como método, ressaltando o carater analítico das falas. Estas são analisadas através de eixos tematicos escolhidos que emergem das falas dos servidores e de sua abordagem frente as questões referentes ao reconhecimento trazidas pela pesquisadora. Utiliza na discussão a relação prazer/sofrimento no trabalho e prossegue apresentando as formas de reconhecimento. Classifica os seguintes eixos temáticos: cargo, remuneração, cursos oferecidos, ambiente fisico, relações sócio-profissionais, autoridade da função e conhecimento. Associa todos estes itens à saúde mental e física dos trabalhadores. O principal autor utilizado é Christophe Dejours e os autores da escola brasileira da Psicodinâmica do Trabalho como Álvaro Merlo e Ana Magnólia Mendes. Estes que pesquisam e trazem a teoria francesa para a realidade brasileira. Conclui apontando como os trabalhadores lidam com a presença ou ausência de reconhecimento e ainda como encontram formas para que o obtenham em seu trabalho. Embora os trabalhadores digam que o reconhecimento pode não existir, e que não haja clareza destes trabalhadores nas formas encontradas pela pesquisa, o reconhecimento se constitui em um tema que desperta interesse e estimula a fala dos entrevistados. Evidencia-se que o mesmo é fundamental nas relações de trabalho e pode ocorrer nos espaços públicos e nas relações entre chefias e trabalhadores.
Abstract This investigative study discusses recognition on CAGE relating it to workers’ mental health. It shows the formal and informal recognition that workers encounter at their workplace. It used interviews as a method, highlighting the analytical chracter of the speeches. They are analyzed through chosen theme axes that arise from workers’ speeches and their approach to the issues concerning recognition brought up by the researcher. The relationship between pleasure and suffering at work is analyzed in the study and forms of recognition are presented. It classifies the following theme axes: position, earnings, courses offered, physical environment, emotional environment, authority of function and knowledge. It associates all these items to the workers’ physical and mental health. The main author used is Christophe Dejours, as well as authors from the Brazilian School of Psychodynamics of Work, such as Álvaro Merlo and Ana Magnólia Mendes. These authors research and bring the French theory to the Brazilian reality. The study concludes by pointing out how workers deal with the presence or absence of recognition, as well as how they find ways to obtain it at their jobs. Although workers claim that recognition might not exist and that workers are not clear enough in the study, recognition is a subject of interest and encourages the interviewees’ speech. It is evident that recognition is essential for relationships at work and may occur in public spaces and the relationships between a boss and a worker.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/77930
Arquivos Descrição Formato
000897366.pdf (962.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.