Repositório Digital

A- A A+

Qualidade microbiológica da água empregada na produção de doses inseminantes em centrais de inseminação artificial de suínos no sul do Brasil

.

Qualidade microbiológica da água empregada na produção de doses inseminantes em centrais de inseminação artificial de suínos no sul do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Qualidade microbiológica da água empregada na produção de doses inseminantes em centrais de inseminação artificial de suínos no sul do Brasil
Autor Villacorta, Joaquin Josue Paredes
Orientador Cardoso, Marisa Ribeiro de Itapema
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Agua : Propriedades fisico-quimicas
Água purificada
Dosagem
Inseminacao artificial : Suinos
Mesófilos aeróbios
Qualidade microbiológica
Semen : Suinos
[en] Diluent contaminated
[en] Insemination doses
[en] Purified water
[en] Swine semen
[en] Total mesophilic aerobic
Resumo A água empregada na produção de doses inseminantes (DIs) de suínos pode ser um dos veículos de introdução de bactérias contaminantes, podendo levar à perda de qualidade das mesmas. O objetivo do presente estudo foi avaliar o número de mesófilos aeróbios totais (MAT) na água utilizada em centrais de inseminação de suínos e sua influência nas contagens bacterianas das DIs produzidas. Foram conduzidos três ciclos de amostragem em seis centrais de inseminação (A-F), intencionalmente incluídas no estudo de acordo com os critérios: estar localizada no sul do Brasil; produzir >1.000 DIs mensais; e concordar em participar do estudo. A cada ciclo, eram colhidas amostras de água antes da purificação, água após a passagem pelo sistema de purificação, água após armazenamento, diluente, sêmen in natura de três machos distintos de fertilidade comprovada; e das respectivas doses inseminantes preparadas com sêmen e diluente amostrados. A água colhida antes do sistema de purificação foi avaliada quanto ao número mais provável (NMP) de coliformes totais e Escherichia coli, em 100 mL. pela técnica dos tubos múltiplos. Todas as amostras colhidas foram avaliadas quanto ao número de mesófilos aeróbios totais (MAT), por meio da semeadura em profundidade em Ágar para Contagem (PCA). Todas as 18 amostras de água colhidas antes da purificação apresentaram <1,1 NMP.100 mL-1 de Escherichia coli. A média de MAT nas amostras de água variou entre 0,1 log UFC.mL-1 na água após-purificação da central E e 3,5 log.UFC.mL-1 na água antes da purificação da central F. Não houve diferença significativa (P>0,05) entre as contagens médias de MAT obtidas em diferentes tipos de amostra de água e entre as centrais de inseminação. A média de MAT nas amostras de diluente variou de 0,16 log UFC. mL-1 à 2,78 log UFC.mL-1. As centrais D e F apresentaram diluentes significativamente (P<0,05) mais contaminados. No sêmen, a média de MAT variou de 1,75 log. UFC.mL-1 à 3,79 log UFC.mL-1 e nas DIs entre 0,73 log.UFC.mL-1 e 2,88 log UFC.mL-1. A central de inseminação F apresentou média de MAT significativamente (P<0,05) maior que as demais centrais. Considerando os padrões existentes, conclui-se que a água captada, purificada e armazenada apresentou boa qualidade microbiológica em todas as centrais de inseminação e não influenciou a média de mesófilos aeróbios totais das DIs preparadas. O incremento de bactérias, quando observado, foi provavelmente resultante da contaminação de origem ambiental durante o preparo do diluente e das doses inseminantes.
Abstract The water employed in the production of insemination doses (IDs) of swine may be one of the vehicles for introduction of contaminant bacteria, and can lead to their quality loss. The objective of this study was to assess the number of total aerobic mesophilic (TAM) in water used in swine artificial insemination centers (SAIC) and its influence in the total bacterial counting of the IDs produced. Three cycles of sampling were conducted in six SAIC (A-F) intentionally included in the study according to the following criteria: to be located in the south of Brazil, to produce > 1.000 (IDs) monthly, and to agree in participating of the study. At each cycle, samples were collected from water before the purification, water after passage through the purification system, water after storage, extenders, fresh semen collected from three different boars and the respective (ID) prepared with the semen and extender sampled. The water collected before the purification system was evaluated for total coliforms and Escherichia coli most probable number (NMP) in 100 mL using the multiple tubes technic. All samples collected were evaluated for the number of total aerobic mesophilic (TAM) by the pour plate technic. All the 18 samples of water collected before the purification presented < 1.1 NMP. 100 mL-1 of Escherichia coli. The average of TAM in the water samples varied between 0.1 log.CFU. ml-1 in the water after purification of the central E and 3.5 log. CFU.mL-1 in the water before purification of the central F. There was no significant difference (P>0.05) among the average counting of TAM obtained in different water samples types and among SAICs. The average TAM in samples of diluents varied from 0.16 log.CFU.mL-1 to 2.78 log.CFU.mL-1; the SAICs D and F presented diluents significantly (P< 0.05) more contaminated. Among the semen samples, the TAM average varied from 1.75 log.CFU.mL-1 to 3.79 log CFU.mL-1 and in the DIs between 0.73 log.CFU.mL-1 and 2.88 log.CFU.mL-1. The SAIC F presented average of TAM significantly (P<0.05) higher than the others SAICs. Considering the available standards, it was concluded that water collected, purified and stored presented a good microbiological quality in all insemination centers and did not influence the number of TAM in the prepared IDs. The increase on bacterial population may have resulted from contamination of environmental origin during the preparation of the extender and insemination doses.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/77932
Arquivos Descrição Formato
000897961.pdf (1.255Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.