Repositório Digital

A- A A+

Development and standardization of an indirect ELISA for the serological diagnosis of classical swine fever

.

Development and standardization of an indirect ELISA for the serological diagnosis of classical swine fever

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Development and standardization of an indirect ELISA for the serological diagnosis of classical swine fever
Outro título Desenvolvimento e padronização de um ELISA indireto para o diagnóstico sorológico de peste suína clássica
Autor Paredes, Julio Cesar Muñoz
Oliveira, Liliane Guimaraes
Trevisol,Iara Maria
Roehe, Paulo Michel
Braga, Alexandre de Carvalho
Resumo Um ensaio imunoenzimático do tipo ELISA indireto (ELISA-I) foi desenvolvido e padronizado para o diagnóstico sorológico de peste suína clássica. Na comparação foram utilizadas novecentas e trinta e sete amostras de soros suínos, as quais foram testadas pelo teste de soroneutralização seguido de revelação por imunoperoxidase (NPLA), tomado como padrão, resultando em 223 amostras positivas e 714 negativas. Em relação ao NPLA, o ELISA-I apresentou sensibilidade de 98,21%, especificidade de 92,86%, valor preditivo positivo de 81,11%, valor preditivo negativo de 99,4% e precis ão de 94,1%. A análise estatística dos resultados revelou uma correlação muito forte (r=0,94) entre os dois testes. Quando comparado com um “kit” de ELISA disponível comercialmente, a performance de ambos em relação ao NPLA foi similar. Concluiu-se que o ELISA-I é um teste apropriado para triagem em larga escala de soros para a detecção de anticorpos contra o Vírus da Peste Suína Clássica (VPSC), embora não seja capaz de diferenciar entre anticorpos induzidos pelo VPSC ou outros pestivírus.
Abstract An indirect enzyme linked immunoassay (ELISA-I) was developed and standardized for the serological diagnosis of classical swine fever (CSF). For the comparison, nine hundred and thirty-seven swine serum samples were tested by serum neutralization followed by immunoperoxidase staining (NPLA), considered as the standard. Of these, 223 were positive and 714 negative for neutralizing antibodies to classical swine fever virus (CSFV). In relation to the NPLA, the ELISA-I presented a 98.2% sensitivity; 92.86% specificity, 81.11% positive predictive value, 99.4% negative predictive value and a 94.1% precision. Statistical analysis showed a very strong correlation (r=0,94) between both tests. When compared to a commercially available ELISA kit, the performance of both, in relation to the NPLA, was similar. It was concluded that the ELISA-I is suitable for large scale screening of antibodies to classical swine fever virus, although it does not distinguish antibodies to classical swine fever virus from those induced by other pestiviruses.
Contido em Pesquisa veterinaria brasileira. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 19, n. 3/4 (jul./dez. 1999), p. 123-127
Assunto Microbiologia
[en] Classical swine fever
[en] Classical swine fever virus
[en] ELISA
[en] Serology
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77958
Arquivos Descrição Formato
000296280.pdf (130.6Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.