Repositório Digital

A- A A+

Ocorrência de Salmonella sp em suínos de terminação no Rio Grande do Sul

.

Ocorrência de Salmonella sp em suínos de terminação no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ocorrência de Salmonella sp em suínos de terminação no Rio Grande do Sul
Outro título Occurrence of Salmonella sp in finishing pigs in Rio Grande do Sul, Brazil
Autor Weiss, Lúcia Helena Niederauer
Nonnig, Ricardo Bettiol
Cardoso, Marisa Ribeiro de Itapema
Costa, Marisa da
Resumo Foram colhidas amostras de fezes de lote de suínos em 10 granjas terminadoras do Estado do Rio Grande do Sul para pesquisa de Salmonella sp. Duas granjas consideradas negativas (N1 e N2) e uma positiva (P1) nesta primeira etapa foram escolhidas para colheita de amostras de fezes individuais de 25 animais escolhidos aleatoriamente. No abatedouro foram coletados swab retal, conteúdo intestinal e linfonodos mesentéricos dos mesmos animais amostrados na granja. Após a introdução de novos animais nas granjas N1 e P1, outros 25 animais foram amostrados em cada granja, da mesma forma descrita acima. Três granjas tiveram amostras de fezes de lote positivas, sendo que em duas foi constatado um alto nível de contaminação. Foram encontrados 8 sorotipos de Salmonella (Agona, Bredeney, Lexington, London, Mbandaka, Panama, Schwartzengrund, Salmonella sp), sendo os sorotipos Agona e Bredeney os mais encontrados. Na colheita individual realizada, todas as granjas amostradas foram positivas. Em 6,4% das amostras de fezes colhidas na granja, 5,3% das amostras de conteúdo intestinal e 5,6% dos linfonodos mesentéricos foi possível isolar Salmonella. O antibiograma das linhagens de Salmonella isoladas demonstrou 97,8% de resistência à sulfonamida, 82,6% à estreptomicina, 36,9% à tetraciclina e 15,2% à sulfazotrim.
Abstract Pen feces samples were taken in ten finishing farms in Rio Grande do Sul (Brazil) and submitted to Salmonella isolation protocol. Two farms negative and one positive in the preliminary screening were chosen, and feces from 25 randomly selected pigs in each of them were individually collected. The same animals were later sampled (rectal swab, intestinal content and mesenteric lymph nodes) at the slaughterhouse. After the introduction of new animals into farm N1 and P1, other 25 pigs on each farm were examined as described above. In the preliminary screening, Salmonella was isolated from pen feces samples of 3 of the 10 investigated farms. Two of these herds showed a high level contamination. Eight Salmonella serotypes (Agona, Bredeney, Lexington, London, Mbandaka, Panama, Schwartzengrund, Salmonella sp) were found, with serotypes Agona and Bredeney being the most frequent. When individual animals were sampled, Salmonella was isolated in all selected farms. Salmonella was isolated in 6.4% of feces collected on the farm, 5.3% of intestinal contents and 5.6% of lymph nodes. Antibiogram testing of the isolated strains showed 97.8% resistance to sulphonamides, 82.6% to streptomycin, 36.9% to tetracyclin and 15.2% to sulfazotrim.
Contido em Pesquisa veterinaria brasileira. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 22, n. 3 (jul./set. 2002), p. 104-108
Assunto Antibiograma
Epidemiologia
Linfonodos
Salmonela
Salmonella sp. : Suínos
Sorotipos
[en] Antibiogram
[en] Feces
[en] Lymph nodes
[en] Serotypes
[en] Swine
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77999
Arquivos Descrição Formato
000341443.pdf (82.91Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.