Repositório Digital

A- A A+

Tempo de uso agrícola e propriedades químicas de dois latossolos do Planalto Médio do Rio Grande do Sul

.

Tempo de uso agrícola e propriedades químicas de dois latossolos do Planalto Médio do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tempo de uso agrícola e propriedades químicas de dois latossolos do Planalto Médio do Rio Grande do Sul
Outro título Time of agricultural use and chemical properties of two ferralsols in the Planalto Médio region of the State of Rio Grande do Sul, Brazil
Autor Perin, Edevar
Ceretta, Carlos Alberto
Klamt, Egon
Resumo Os Latossolos, que predominam na região do Planalto Médio do Rio Grande do Sul sob vegetação de mata, foram incorporados ao uso agrícola a partir de 1920, enquanto os solos sob vegetação de campo foram explorados a partir da década de 1960. Estes solos sofreram alterações em suas propriedades químicas com o intenso uso agrícola, principalmente com culturas anuais como soja e milho. Este estudo teve como objetivo avaliar a influência do tempo de uso agrícola sobre propriedades químicas de dois Latossolos, no município de Fortaleza dos Valos (RS). Coletaram-se amostras de perfis de um Latossolo Vermelho distrófico típico (LVd) textura argilosa e de Latossolo Vermelho distrófico típico (LVd) textura média, sob cobertura vegetal natural de floresta e campo, respectivamente, em situação de topo de coxilha e de perfis destes solos sob uso agrícola por períodos que variaram de oito até mais de 33 anos. Foram determinados os teores de argila, matéria orgânica, P e K disponíveis e totais, Ca, Mg e Al trocáveis e pH. Calculou-se a saturação por bases (V) e por alumínio (m). Os resultados mostraram que a diminuição no teor de matéria orgânica do solo com o tempo de uso agrícola foi perceptível, quando originalmente os solos eram de florestas, enquanto em solos de campo nativo o uso agrícola promoveu acréscimo no teor de matéria orgânica. Nutrientes como Ca e Mg tiveram incremento no solo com o tempo de uso agrícola, ao contrário do Al, que diminuiu seu teor e saturação em profundidade. Por essa razão, os perfis que apresentavam caráter álico sob vegetação nativa passaram a ser distróficos quando com mais tempo de uso agrícola. Com o tempo de uso agrícola os incrementos de P total foram evidentes nos horizontes superficiais, enquanto os incrementos de K total também ocorreram em profundidade.
Abstract From 1920 on, Ferralsols of the Planalto Médio region in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, originally under forest vegetation, were converted into agricultural land, while the same soils under grassland were converted in the 1960-ies. Thereafter, chemical soil properties were affected by intense cropping, mainly of soybean and corn. To evaluate how the time of agricultural land use affected two Ferralsols in the Fortaleza dos Valos county, State of Rio Grande do Sul, pedon samples of a clay textured dystrophic Red Latosol and a medium textured dystrophic Red Latosol were collected under forest and grassland vegetation, respectively, on the top of the landscape and from soils under agricultural cultivation for eight to over 33 years. Concentrations of clay and organic matter; available and total P and K; exchangeable Ca, Mg and Al; and pH were determined. Base (V%) and aluminium (m%) saturation were calculated. Where the soil had been forested the organic matter content decreased after longer periods of agricultural use. On the other hand, the organic matter content increased as the time of agricultural use increased where the soil vegetation had been native grass. Ca + Mg contents increased while Al content and saturation decreased with the time of agricultural use. Originally Al-saturated soils under native vegetation gradually turned into soils with less than 50% of base saturation through the agricultural use. The total soil P increased notably in the surface horizons, while the total soil K also increased in deeper layers.
Contido em Revista brasileira de ciência do solo. Campinas. Vol. 27, n. 4 (jul./ago. 2003), p. 665-674
Assunto Latossolo
Manejo do solo
Materia organica
Nutriente : Solo
Propriedade físico-química
[en] Nutrients
[en] Organic matter
[en] Soil use
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/78058
Arquivos Descrição Formato
000388957.pdf (69.44Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.