Repositório Digital

A- A A+

Síndrome do abscesso pituitário em bezerros associada ao uso de tabuleta nasal para desmame interrompido

.

Síndrome do abscesso pituitário em bezerros associada ao uso de tabuleta nasal para desmame interrompido

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Síndrome do abscesso pituitário em bezerros associada ao uso de tabuleta nasal para desmame interrompido
Outro título Pituitary abscess syndrome in calves following injury of the nasal septum by a plastic device used to prevent suckling
Autor Loretti, Alexandre Paulino
Ilha, Márcia R. S.
Riet-Correa, Gabriela
Driemeier, David
Colodel, Edson Moleta
Barros, Claudio Santos Liborio
Resumo Descrevem-se surtos e casos esporádicos de síndrome do abscesso pituitário em bovinos no Estado do Rio Grande do Sul. A doença ocorreu em 8 propriedades de gado de corte, nos municípios de Cachoeira do Sul, Lavras do Sul, Bagé, Osório e Vila Nova do Sul, no período de 1998 a 2002. De um total de 2.438 bezerros submetidos ao desmame interrompido com o uso da tabuleta nasal, aproximadamente 35 (1,4%) animais adoeceram e 24 (0,98%) morreram. A idade dos bezerros afetados variava entre 3 e 12 meses. Os animais doentes apresentavam corrimento nasal, depressão, febre, incoordenação motora, andar em círculos, desvio lateral da cabeça, hipermetria, exoftalmia, disfagia, mandíbula caída, protusão lingual, dificuldade de mastigação e sialorréia. Em alguns casos, observou-se também cegueira, acompanhada ou não de turvação dos humores do globo ocular, exoftalmia e opacidade da córnea. Nas fases terminais, ocorriam decúbito lateral, convulsões, nistagmo, opistótono, coma e morte. Os principais achados de necropsia consistiam em abscessos únicos pituitários ou parapituitários que comprimiam dorsalmente o tronco encefálico e nervos cranianos próximos à pituitária. Em alguns casos, havia osteomielite envolvendo o osso baso-esfenóide com a formação de abscessos na substância encefálica, leptomeningite na superfície ventral do encéfalo e medula espinhal cervical e rinite necrosante ou abscedativa associada às lesões traumáticas provocadas pela colocação da tabuleta nasal. Histologicamente, os abscessos correspondiam a grandes agregados de neutrófilos e restos celulares circundados por células mononucleares e proliferação de tecido conjuntivo. Meningite fibrinopurulenta nas leptomeninges do cerebelo, tronco encefálico e medula espinhal cervical também foi observada. Em alguns casos, a inflamação purulenta se estendia para o parênquima da pituitária. Arcanobacterium (Actinomyces) pyogenes foi isolado dos abscessos. O diagnóstico de síndrome do abscesso pituitário foi baseado nos dados epidemiológicos, sinais clínicos, achados macroscópicos, histológicos e microbiológicos.
Abstract Outbreaks and sporadic cases of the pituitary abscess syndrome are described in calves in the state of Rio Grande do Sul, southern Brazil. The disease occurred in eight beef cattle farms in the municipalities of Cachoeira do Sul, Lavras do Sul, Bagé, Osório and Vila Nova do Sul, from 1998 to 2002. Thirty-five (1.4%) out of 2,438 calves with 3-12 months of age were affected and 24 (0.98%) died. A nasal plastic device to prevent suckling had been used in all the affected calves. Clinical signs consisted of nasal discharge, depression, hyperthermia, ataxia, circling, head tilt and hypermetria, exophtalmos, dysphagia, partial mandibular paralysis, prolapse of the tongue, difficulty in chewing, drooling and in some cases blindness accompanied or not by aqueous flare, prolapse of the ocular globe and corneal opacity. In the terminal stages of the disease, there was lateral recumbency, opisthotonus and coma. The main necropsy findings included single large hypophyseal or para-hypophyseal abscesses. Those space-occupying lesions dorsally compressed the brain stem and the cranial nerves adjacent to the hypophysis. In some cases, there was also osteomyelitis of the basisphenoid bone, single or multiple brain abscesses and leptomeningitis affecting the ventral surface of the brain stem and cervical spinal cord. In a few cases, necrotizing or abscedative rhinitis associated with nose device injury was observed. Histologically, those abscesses consisted mainly of neutrophils admixed with cellular debris surrounded by numerous mononuclear cells and a fibrous capsule. Fibrino-suppurative meningitis affecting the leptomeninges of the cerebellum, brain stem and cervical spinal cord was also observed. In some cases, purulent inflammation extended into the hypophyseal parenchyma. Arcanobacterium (Actinomyces) pyogenes was isolated from the abscesses. The diagnosis of pituitary abscess syndrome was based on epidemiological data, clinical signs, necropsy findings, histological alterations and bacterial cultures.
Contido em Pesquisa veterinária brasileira. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 23, n. 1 (jan./mar. 2003), p. 39-46
Assunto Síndrome do abscesso pituitário
[en] Abscess
[en] Central nervous system
[en] Diseases of cattle
[en] Nose device
[en] Pathology
[en] Pituitary
[en] Rete mirabile
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/78065
Arquivos Descrição Formato
000364929.pdf (168.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.