Repositório Digital

A- A A+

As teorias do desenvolvimento de Celso Furtado e Fernando Henrique Cardoso frente ao ideário Cepalino

.

As teorias do desenvolvimento de Celso Furtado e Fernando Henrique Cardoso frente ao ideário Cepalino

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As teorias do desenvolvimento de Celso Furtado e Fernando Henrique Cardoso frente ao ideário Cepalino
Autor Corrêa, Carolina Pimentel
Orientador Alves, Helio Ricardo do Couto
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Política.
Assunto Cardoso, Fernando Henrique 1931-.
Cepal.
Comissão Econômica para América Latina e Caribe.
Desenvolvimento econômico
Desenvolvimento social
Furtado, Celso 1920-2004.
Ideologia política
Intelectuais
Política comparada
Teoria política
[en] Dependency
[en] Development
[en] ECLAC
[en] Underdevelopment
Resumo O estudo sobre o desenvolvimento esteve muito presente no pensamento político e social brasileiro, principalmente, em meados do século XX. Desse modo, o presente trabalho aborda tal conceito a partir das teorias de dois importantes autores deste período: Celso Furtado e Fernando Henrique Cardoso. Para compreender o contexto histórico e teórico em que estes autores pensaram o desenvolvimento, levou-se em conta as ideias sustentadas pela Comissão Econômica para América Latina e Caribe – CEPAL. A partir da revisão bibliográfica de relevantes obras destes autores, procurou-se traçar uma linha de comparação entre os mesmos, a fim de verificar se eles se aproximam ou se afastam teoricamente no que diz respeito ao modo como concebem o desenvolvimento e, inclusive, frente ao ideário cepalino. Verificou-se que Celso Furtado e Fernando Henrique Cardoso possuem pontos em comum, todavia, de um modo geral, os autores apresentam importantes divergências, especialmente, em relação às alternativas que apresentam para o futuro e o desenvolvimento do Brasil.
Abstract The study of development has been present in the Brazilian political and social thinking, mainly, in the mid of 20th century. Thus, the present work approaches such concept from the theories of two important authors of this period: Celso Furtado e Fernando Henrique Cardoso. For understanding the historical and theoretical context in which these authors have thought the development, it has been considered the ideas supported by the Economic Commission of Latin America- ECLAC. From a bibliographical revision of relevant works of these authors, it has been aimed at tracing a comparison line between them in order to verify whether they approach or deviate from how to conceive the development theoretically, including face the ECLAC system of ideas. It has been verified that Celso Furtado and Fernando Henrique Cardoso have common points, however, in a general way, the authors have shown important divergences, specially, in relation to the alternatives shown to the future and to development of Brazil.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/78194
Arquivos Descrição Formato
000896764.pdf (796.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.