Repositório Digital

A- A A+

A forma urbana como problema de desempenho : o impacto de propriedades espaciais sobre o comportamento urbano

.

A forma urbana como problema de desempenho : o impacto de propriedades espaciais sobre o comportamento urbano

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A forma urbana como problema de desempenho : o impacto de propriedades espaciais sobre o comportamento urbano
Autor Netto, Vinicius de Moraes
Krafta, Rômulo Celso
Resumo O artigo traça crítica a indicadores urbanos usuais, baseados na intensidade de presença de características ou propriedades, e aponta a necessidade de indicadores de comportamento definidos pelo conhecimento do impacto da trama de propriedades espaciais sobre as dinâmicas da cidade – indicadores verdadeiramente de desempenho, aptos a avaliar a cidade como fenômeno dinâmico e relacional, no qual seus componentes e dimensões têm efeitos uns sobre os outros. Indicadores capazes de capturar, por exemplo, os modos como diferentes padrões de morfologia podem impactar a vida microeconômica, a socialidade urbana ou o ambiente em níveis de influência sobre tendências de menor ou maior dependência veicular na movimentação intraurbana. Para tanto, lança os fundamentos teóricos e metodológicos para um novo sistema de indicadores arranjados em dois eixos: metaindicadores de desempenho (equidade, eficiência, qualidade espacial e sustentabilidade) e dimensões urbanas (morfologia, dinâmica socioeconômica, limiares urbanos e relações cidade–ambiente).
Abstract The present work proposes concepts and indicators intended to grasp features and effects of urban form; in fact, systemic indicators defined to tackle cityscapes as relational processes whose constituents are pervaded by mutual effects. Firstly, it brings a critique of indicators found in the literature, asserting that most indicators are feature indicators rather than performance indicators. Secondly, it advances theoretical and methodological grounds for new indicators geared to assess the impacts of urban structure on aspects of social life, equity in the access to jobs and facilities, the efficiency of locational patterns in economic interactions, and the sustainability of urban reproduction. Thirdly, a new set of indicators is proposed and arranged in two major groups: (i) performance indicators (spatial quality, urban equity, efficiency and sustainability), and (ii) meta-indicators for urban dimensions (general indicators of urban morphology, socioeconomy, criticality, and cityenvironment relations). Finally, the paper discusses possibilities of application and further development, and brings mathematical definitions of the systemic indicators.
Contido em Revista brasileira de estudos urbanos e regionais. Vol.11 n.2 (nov. 2009), p. 157-180
Assunto Cidades : Avaliacao
Desempenho urbano
Indicadores
Morfologia urbana
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/78201
Arquivos Descrição Formato
000778618.pdf (199.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.