Repositório Digital

A- A A+

Tratamento de esgotos : proposta de projeto mais sustentável

.

Tratamento de esgotos : proposta de projeto mais sustentável

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tratamento de esgotos : proposta de projeto mais sustentável
Autor Oliveira, Bruna Ruschel Corrêa de
Orientador Sattler, Miguel Aloysio
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Este trabalho versa sobre uma proposta de projeto mais sustentável para o tratamento de esgoto do Centro de Estudos Regenerativos e Sustentabilidade (Ceres), na cidade de Feliz/RS. Esta proposta visa à integração com a natureza por meio da utilização de ecotecnologias, buscando a sustentabilidade, equilíbrio entre meio ambiente, economia e aspectos sociais, conforme os princípios deste centro. Os sistemas convencionais de tratamentos de esgotos são econômica e energeticamente esbanjadores, além de, diversas vezes, contribuírem para a poluição do meio ambiente com o uso de produtos químicos perigosos. Devido a este fato, foram analisados, neste trabalho, apenas os sistemas de tratamentos de esgotos mais sustentáveis, a partir de uma revisão bibliográfica, considerando, em primeira ordem, o baixo consumo de energia. Aliado a essa vantagem, esses sistemas alternativos permitem o aproveitamento da água e dos nutrientes presentes nos esgotos pelas plantas, garantindo o nível terciário de tratamento (os convencionais apenas chegam ao nível secundário). No início do trabalho, foi realizado um estudo sobre as características e a microbiologia dos esgotos domésticos para um melhor entendimento deste. No capítulo seguinte, foram apresentados os processos de tratamento mais sustentáveis disponíveis na bibliografia técnica pesquisada. Com uma análise sucinta, baseada em quadros de avaliação de aspectos técnicos, econômicos, ambientais e sociais, foi realizada a seleção do sistema modular com separação das águas, apresentado como o mais adequado no capítulo seis. Assim, demonstrou-se que a separação das águas negras (provenientes dos vasos sanitários) das águas cinzas (demais águas servidas) permite uma maior eficiência no tratamento de esgotos tanto econômica, como técnica e ambiental. Finalmente, foi desenvolvido o dimensionamento do sistema, conforme estudado na pesquisa bibliográfica.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78207
Arquivos Descrição Formato
000896543.pdf (2.451Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.