Repositório Digital

A- A A+

Polos geradores de viagens : caracterização dos percentuais das categorias de viagens geradas por um empreendimento comercial na cidade de Porto Alegre

.

Polos geradores de viagens : caracterização dos percentuais das categorias de viagens geradas por um empreendimento comercial na cidade de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Polos geradores de viagens : caracterização dos percentuais das categorias de viagens geradas por um empreendimento comercial na cidade de Porto Alegre
Autor Manica, Flavia
Orientador Cybis, Helena Beatriz Bettella
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Polos Geradores de Viagens podem ser definidos como empreendimentos comerciais ou residenciais, que são responsáveis por atrair para sua área de influência um número significativo de viagens que poderão causar impactos negativos no sistema viário do entorno. Esses impactos afetam a qualidade de vida da população, aumentando a poluição atmosférica, os congestionamentos e comprometendo a segurança viária de condutores e pedestres. Dessa forma, quando há a implantação ou ampliação de um polo, deve-se elaborar um Estudo de Impacto de Tráfego para identificar esses impactos e propor soluções para eliminar ou minimizar os problemas que podem surgir no sistema de transporte. Uma etapa muito importante nesse estudo é a avaliação da geração de viagens e a classificação em viagens primárias, de passagem ou desviadas. De uma forma geral, as primárias são as viagens que efetivamente causam os impactos decorrentes da implantação do Polo Gerador de Viagem, por isso, é importante identificar esse percentual, em relação ao total de viagens geradas pelo empreendimento, a fim de melhorar os resultados desses estudos. O objetivo desse trabalho foi identificar os percentuais e as características das categorias de viagens geradas por um shopping center periférico, localizado na cidade de Porto Alegre. Dessa forma, foi elaborada e realizada uma pesquisa de campo para coletar esses dados. Além disso, analisando os dados coletados, foi possível caracterizar os clientes desse polo e identificar os modos de transporte utilizados por eles para acessar o shopping center. A análise das informações coletadas na pesquisa mostrou que 85% dos usuários realizaram viagens primárias. Entretanto, apenas 38% realizaram o deslocamento de automóvel, sendo condutor – e essas são as viagens que causam impactos pelos usuários do empreendimento estudado. Também, foi identificado um índice significativo de viagens primárias que realizaram o deslocamento por transporte coletivo. Dos 85%, 29% realizaram o deslocamento de ônibus ou lotação. Esse percentual representa as viagens atraídas pelo empreendimento, que causam impacto no sistema viário de transporte público da cidade.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78229
Arquivos Descrição Formato
000896717.pdf (6.496Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.