Repositório Digital

A- A A+

Estudo de irreversibilidades magnéticas no supercondutor granular YBa2Cu2.985Fe0.015O7-δ

.

Estudo de irreversibilidades magnéticas no supercondutor granular YBa2Cu2.985Fe0.015O7-δ

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo de irreversibilidades magnéticas no supercondutor granular YBa2Cu2.985Fe0.015O7-δ
Autor Berchon, Luciano da Silva
Orientador Pureur Neto, Paulo
Co-orientador Pimentel Junior, Jorge Luiz
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Física. Curso de Pesquisa Básica: Bacharelado.
Assunto Altas temperaturas criticas
Magnetoresistencia
Programas de computadores
Resistividade eletrica
Supercondutividade
Supercondutores
Resumo Este trabalho apresenta o desenvolvimento de uma rotina de controle e automação de um equipamento baseado num método AC para medidas de resistividade e de magnetorresistência em função da temperatura. Este desenvolvimento é aplicado a uma investigação experimental da magnetorresistividade e da linha de irreversibilidades magnéticas do supercondutor granular de alta temperatura crítica YBa2Cu2.985Fe0.015O7-. As medidas de transporte foram realizadas com campo aplicado variando entre 1 Oe e 200 Oe. Os estudos do comportamento resistivo nas proximidades da transição ao estado supercondutor revelam uma transição ao estado de resistência nula em duas etapas. Inicialmente observa-se, à medida que a temperatura decresce, o estabelecimento da supercondutividade no interior dos grãos da amostra. Posteriormente, em temperaturas próximas ao estado de resistência nula, a supercondutividade é estabelecida ativando as ligações fracas entre os grãos da amostra. A transição resistiva é fortemente afetada e dependente da intensidade do campo magnético aplicado. A linha de irreversibilidades magnéticas é estudada através de medidas de transporte elétrico. O comportamento da linha de irreversibilidades magnéticas, na região de campos magnéticos utilizada, segue uma linha do tipo Almeida-Touless. A interpretação física da linha de irreversibilidades magnéticas é discutida com base no modelo vidro supercondutor. Tal modelo parte do princípio da existência de um arranjo desordenado de grãos supercondutores fracamente acoplados via efeitos de proximidade ou efeito Josephson.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78346
Arquivos Descrição Formato
000898827.pdf (3.848Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.