Repositório Digital

A- A A+

Algoritmo para extração fotométrica nos dados do ESO-VVV : o aglomerado estelar massivo Pismis 24

.

Algoritmo para extração fotométrica nos dados do ESO-VVV : o aglomerado estelar massivo Pismis 24

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Algoritmo para extração fotométrica nos dados do ESO-VVV : o aglomerado estelar massivo Pismis 24
Autor Dias, Rafael Augusto Garcia
Orientador Bonatto, Charles Jose
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Física. Curso de Pesquisa Básica: Bacharelado.
Assunto Aglomerados abertos e associações
Aglomerados estelares
Catalogos astronomicos
Diagramas
Fotometria astronômica
Resumo Este trabalho apresenta um algoritmo, baseado no pacote DAOPHOT, para a extração de dados fotométricos do catálogo \VISTA Variables in the Via Láctea" (VVV) com suportado do ESO. A principal característica do algoritmo é evitar a interação com o usuário mantendo precisão e profundidade fotométrica. De fato o algoritmo foi capaz de alcançar dados mais precisos para as estrelas menos brilhantes (J ≥ 16, H ≥ 15; 5 e H ≥ 15) e confiável fotometria para estrelas mais de uma magnitude mais fracas do que as detectáveis com outras técnicas. Embora o algoritmo obtenha maiores incertezas fotométricas para as estrelas mais brilhantes, este provou ser o método mais adequado, uma vez que queremos trabalhar com aglomerados abertos jovens, onde a pré-sequência principal é de maior importância. Além disso, podemos combinar 2MASS e VVV para substituir as estrelas saturadas do VVV.
Abstract This work presents a DAOPHOT-based pipeline to perform PSF- tting photometry of \VISTA Variables in the Via L actea" (VVV) ESO Public Survey data. The main feature of the pipeline is to avoid user interaction keeping photometric accuracy and deepth, in fact it reached accurate photometry for the faintest stars (J v 16, H ≥ 15; 5 e H ≥ 15) and reliable photometry to stars more than one magnitude fainter than the detectable in other techniques. Although getting less accurate data for the brightest stars, the pipeline proved to be the most appropriated approach, since we aim to work with young open clusters, where the pre-main sequence is of major relevance. Moreover, we can apply 2MASS/VVV matching to replace the VVV's saturated stars.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78359
Arquivos Descrição Formato
000898808.pdf (11.40Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.