Repositório Digital

A- A A+

Aplicação da metodologia de custos do SIC : análise do sistema de saúde dos municípios do Rio Grande do Sul - 2011

.

Aplicação da metodologia de custos do SIC : análise do sistema de saúde dos municípios do Rio Grande do Sul - 2011

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aplicação da metodologia de custos do SIC : análise do sistema de saúde dos municípios do Rio Grande do Sul - 2011
Autor Zortea, Angelo Pagot
Orientador Castro, Janice Dornelles de
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Brasil
Custo
Economia da saúde
Gastos públicos
Rio Grande do Sul
Setor público
Sistema Único de Saúde (SUS)
[en] Government costs
[en] Health care costs
[en] Health economics
Resumo Este estudo aplica os conceitos utilizados pelo Sistema de Informações de Custos do Governo Federal (SIC) para se obter o custo dos serviços prestados pela atenção à saúde pública a partir dos dados orçamentários. Discute também sobre o financiamento do Sistema Único de Saúde, abordando aspectos históricos desde a criação do sistema até os atuais questionamentos. Apresenta os principais métodos de custeio e os conceitos para transformar as despesas em custos dos serviços prestados. Os dados de custo são obtidos para o ano de 2011 utilizando-se o método do custeio direto e através dos ajustes propostos. São utilizados juntamente com indicadores selecionados de acesso e efetividade do Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde (IDSUS) a fim de avaliar a prestação de serviços pelo SUS em uma amostra de municípios de diferentes portes do estado do Rio Grande do Sul. Os menores municípios da amostra apresentam maior custo por habitante, diminuindo pelos ganhos de escala conforme aumenta a população e voltando a crescer nos maiores, por esses municípios centralizarem a atenção especializada. No acesso potencial à atenção básica, os municípios muito pequenos e com os maiores custos são os que garantem a maior cobertura, que piora conforme aumenta o tamanho dos municípios, pela dificuldade em se cobrir uma maior população. Não há relação direta com a efetividade nesse nível de atenção: cidades com baixa cobertura apresentam bons desempenhos efetivos. Os números da atenção de média e alta complexidade estão muito aquém dos parâmetros estabelecidos pelo IDSUS para o acesso, refletindo-se na efetividade. Não há como inferir que o nível de custo por habitante reflita por si a situação de saúde, mesmo com alto custo acabam falhando em atender algumas necessidades de saúde. O baixo custo na amostra por vezes revelou uma boa relação para com o acesso e a efetividade, mesmo aquém do parâmetro ideal.
Abstract This study applies the concepts used by the Federal Government Information System of Costs (SIC) to obtain the costs of the services provided by the public health care from the budget data. It discusses also about the financing of the Sistema Único de Saúde, considering the historical aspects from the establishment to current concerns. It presents the main costing methods and the concepts to change the expenses into costs of the services provided. The cost data are obtained for 2011using the direct costing methods and through the proposed adjustments. They are used with selected indicators of access and effectiveness from SUS’ Performance Index (IDSUS) to evaluate the SUS’ work provided in a sample of cities having different size of the state of Rio Grande do Sul. The smallest cities of the sample show the highest costs per inhabitant, reduced by the scale gains as the population increases and growing again in the biggest cities. In potential access to primary health care, the smallest cities with the highest costs ensure the most coverage, it gets worse as the size of the cities increases, because of the difficulty to cover a larger population. There is not direct relation with the effectiveness in this level. The figures of medium and high health care are far from the parameters established by IDSUS to the access, which are reflected in the effectiveness. It is not clear whether the cost level per inhabitant reflects itself the health situation, even with high costs they fail to attend some basics health needs. The low cost in the sample sometimes showed a good relation to the access and the effectiveness, even less than the ideal parameter.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78364
Arquivos Descrição Formato
000899250.pdf (2.784Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.