Repositório Digital

A- A A+

Cesarianas de um hospital universitário : fatores associados

.

Cesarianas de um hospital universitário : fatores associados

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Cesarianas de um hospital universitário : fatores associados
Autor Saraiva, Juliana Manera
Orientador Gouveia, Helga Geremias
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Cesárea
Obstetrícia
Saúde da mulher
Resumo A cesariana é considerada uma tecnologia apropriada para o manejo de uma série de situações obstétricas. Sua indicação deve ser considerada quando a necessidade da interrupção da gestação é a única forma de preservar a saúde da mulher e do feto, dessa forma, deve ser indicada de forma criteriosa, baseado em evidências, e nas condições clínicas da mulher e não somente em critérios pré-estabelecidos pelos profissionais de saúde. Este estudo teve como objetivo caracterizar as cesarianas de um Hospital Universitário de Porto Alegre (RS). Trata-se de um estudo quantitativo transversal desenvolvido na Unidade de Internação Obstétrica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre com 361 puérperas, entrevistadas após as primeiras 24 horas pós-parto, no período de fevereiro a abril de 2013. Foram incluídas mulheres cujo parto foi realizado no Centro Obstétrico e excluídas aquelas sem condições psicológicas para responder as questões, óbito fetal, fetos com peso inferior a 500 gramas e/ou com idade gestacional inferior a 22 semanas. Os dados foram obtidos por meio de entrevista semi-estruturada, registros do prontuário físico e eletrônico materno e do neonato e da Planilha de Ocorrências da Área Restrita da Unidade de Centro Obstétrico. Foi realizada estatística analítica, utilizando-se a Razão de Prevalência através da Regressão de Poisson Univariável. Foram cumpridos os termos da Resolução 196/96. Os resultados mostraram que das 361 puérperas entrevistadas, 31% foram submetidas à cesariana. Verificou-se que categoria de internação, dilatação, características do colo, apresentação fetal e dinâmica uterina no momento da admissão no Centro Obstétrico mostraram-se estatisticamente associadas à realização de cesariana, já não ter cesariana prévia e o turno da meia noite às 6h mostraram-se fatores de proteção. A caracterização das cesarianas possibilita reflexão sobre a prática do profissional, oportunizando a busca por uma assistência qualificada durante o trabalho de parto e parto. Ações conjuntas e consistentes de toda a equipe de saúde serão capazes de melhorar a assistência à mulher e ao bebê, com enfoque nas práticas humanizadas de atenção ao parto, reduzindo o número de cesáreas desnecessárias e consequentemente contribuindo para redução das taxas de morbimortalidade materna e perinatal.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78408
Arquivos Descrição Formato
000898890.pdf (716.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.