Repositório Digital

A- A A+

Percepção de enfermeiros sobre as manifestações de estresse do recém-nascido prematuro

.

Percepção de enfermeiros sobre as manifestações de estresse do recém-nascido prematuro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Percepção de enfermeiros sobre as manifestações de estresse do recém-nascido prematuro
Autor Riquelme, Ana Paula Krieger
Orientador Mendes, Eliane Norma Wagner
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Estresse fisiológico
Prematuro
Recém-nascido
[en] Infant
[en] Newborn
[en] Nursing
[en] Physiological
[en] Premature
[en] Stress
Resumo Estudo realizado com o objetivo de conhecer a percepção de enfermeiros da Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal sobre o estresse e suas manifestações no recém-nascido prematuro (RNPT). Metodologia: estudo qualitativo, do tipo exploratório descritivo. A coleta de informações ocorreu no período de abril a junho de 2013, através de uma entrevista semi-estruturada, com dez enfermeiras. A análise de conteúdo foi do tipo temática. Resultados: os participantes apresentaram sua percepção sobre o estresse do prematuro como sendo manifestações comportamentais e fisiológicas, e também como um conjunto de fatores que retira o bebê de um estado de conforto. As manifestações que representam o estresse do RNPT foram alterações dos estados e do nível de atenção/ interação tais como agitação, sono, bocejos, inquietude, hiperatividade e fácies; alterações do sistema autônomo como taquipneia, taquicardia, queda de saturação e cianose; e no sistema motor foram: ação descoordenada de membros, tensão, contração facial e corporal, e mãos espalmadas. Nos cuidados realizados destacou-se a sucção não-nutritiva, a diminuição dos estímulos ambientais, e a organização postural através do ninho, da contenção facilitada e do enrolamento. O método canguru e o toque terapêutico foram pouco abordados. Considera que enfermeiras atuantes na unidade de tratamento intensivo neonatal possuem um bom nível de percepção sobre as manifestações de estresse do RNPT, demonstram preocupação e conhecimento ao intervirem com o intuito de promover o equilíbrio fisiológico e comportamental do prematuro. Aponta a necessidade de buscar na literatura outras formas de perceber essas manifestações, além de outros cuidados que possam auxiliar o prematuro na sua reorganização.
Abstract Study conducted with the aim to know the perception of nurses of the Neonatal Intensive Care Unit on stress and its manifestations in the preterm newborn infants. Methodology: qualitative, exploratory descriptive. Data collection occurred in the period April to June of 2013, through a semi-structured interview with ten nurses. Content analysis was the type theme. Results: The participants presented their perception of stress as behavioral and physiological manifestations, as well as a set of factors that removes the baby a state of comfort. The demonstrations that represent the stress of preterm infants were state changes and the level of attention / interaction such as agitation, sleep, yawning, restlessness, hyperactivity and facies; autonomous system changes such as tachypnea, tachycardia, desaturation and cyanosis, and motor system were uncoordinated action of members, tension, contraction of facial and body, and hands clasped. Included the care provided to non-nutritive sucking, the reduction of environmental stimuli, postural organization through the nest, facilitated the containment and winding. Kangaroo care and therapeutic touch were rarely mentioned. It is considered that nurses working in the neonatal intensive care unit have a good level of awareness about the manifestations of stress in preterm infants, show concern and knowledge to intervene in order to promote behavioral and physiological equilibrium of the premature. Points out the need to seek other forms in the literature to perceive these events as well as other care that may assist the infant premature in your reorganization.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78420
Arquivos Descrição Formato
000898710.pdf (970.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.