Repositório Digital

A- A A+

O estresse em estudantes de graduação em enfermagem no Brasil : uma revisão bibliográfica

.

O estresse em estudantes de graduação em enfermagem no Brasil : uma revisão bibliográfica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O estresse em estudantes de graduação em enfermagem no Brasil : uma revisão bibliográfica
Autor Ripoll, Ana Paula Kutscher
Orientador Paixão, Dilmar Xavier da
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Brasil
Estresse
Estudantes de enfermagem
Resumo O estresse no ambiente universitário pode ser definido como as reações físicas e emocionais que ocorrem quando as exigências curriculares excedem as capacidades, os recursos ou as necessidades do estudante. Quando não tratado, o estresse acaba afetando o desempenho dos acadêmicos durante a graduação. O presente estudo tem como objetivo conhecer a produção científica que analise o estresse em estudantes de cursos de graduação de enfermagem no Brasil e saber o que elas abordam sobre o assunto. O estudo constitui-se em uma revisão bibliográfica, utilizando-se o referencial de Gil (1991). As buscas se deram em bases de dados virtuais, são elas as seguintes: “Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde” (LILACS), na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e na BDENF – enfermagem (Brasil). A partir da busca realizada, encontraram-se onze artigos publicados em português em revistas ou periódicos presentes nas referidas bases de dados. O período das publicações encontradas foi de 2002 a 2012. Com o estudo, pôde-se observar que há diferentes enfoques das publicações sobre o tema. O conjunto destaca vários fatores de risco, entre eles, a sobrecarga do conteúdo programático, o relatório e o estágio curricular, o lidar com os limites humanos (doença/morte), sentimentos de incapacidade frente às atividades exigidas e a qualidade das relações interpessoais. Além disso, as limitações socioeconômicas contribuem, também, para o surgimento do estresse. Constatou-se a escassez de artigos científicos referentes ao tratamento do estresse. Menor ainda esse número quando se refere especificamente aos alunos de enfermagem. No entanto, pelos artigos estudados, não há como negar a ocorrência do estresse durante o curso independente da etapa da graduação e a necessidade de prevenção e tratamento do mesmo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78421
Arquivos Descrição Formato
000898712.pdf (440.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.