Repositório Digital

A- A A+

Ao meu corpo, algumas palavras : percepções sobre o corpo de mulheres que realizaram mastectomia

.

Ao meu corpo, algumas palavras : percepções sobre o corpo de mulheres que realizaram mastectomia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ao meu corpo, algumas palavras : percepções sobre o corpo de mulheres que realizaram mastectomia
Autor Miragem, Fernanda Barbosa
Orientador Silva, Jacqueline Oliveira
Data 2013
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Especialização em Saúde Pública.
Assunto Mastectomia
Neoplasias da mama
Rede social
Saúde pública
Sexualidade
[en] Breast neoplasms
[en] Mastectomy
[en] Public health
[en] Sexuality
[en] Social networking
Resumo Este estudo tem como objetivo descrever como as mulheres diagnosticadas com câncer de mama e que passaram pela cirurgia de mastectomia percebem seus corpos. Como problema de saúde pública, o câncer de mama responde por 22% dos casos novos a cada ano, e é o segundo tipo mais frequente no mundo. No caso das mulheres que passam pela cirurgia de mastectomia, ainda há a realidade de conviver com a amputação da mama, seja total ou parcial, o que interfere em sua vida de diferentes formas. Assim, foi solicitado às mulheres que realizaram a cirurgia de mastectomia e que frequentam o IMAMA para escreverem uma carta para seus corpos. Através da Análise de Conteúdo (Bardin, 2004), foi possível identificar oito temas no discurso das mulheres: representação do câncer, cuidado, sexualidade, rede social, espiritualidade, perdas & ganhos, “corpos de passagem” e serviços de saúde. Constatou-se que o corpo apresentado é um “novo” corpo, cuja existência é dependente da comparação com o corpo anterior à mastectomia. Corpo que é percebido como merecedor de cuidado, em um processo de reapropriação, de uma nova identificação. E as redes sociais possuem um papel de destaque nesse processo, ao fornecer o apoio necessitado, bem como através de sua ampliação, através da maior inserção do terceiro setor. Quanto à sexualidade, enquanto construção social, esse corpo se apresenta como sexuado, agora cuidado, com o qual se (re)estabelece vínculos afetivos antes esquecidos pela pressa em se viver. Um corpo em transição entre aceitar-se ou continuar na eterna busca do ideal.
Abstract This study aims to describe the self-perception of bodies of post-mastectomy women with breast cancer. As a public health problem, the breast cancer accounts for 22% of new cases for year, and is the second type most commonly of world. In the case of post-mastectomy women, there is the reality of living with the loss of a breast, total or partial, and in the whole life in different ways. Requested of postmastectomy women and gone to IMAMA to write a letter to their bodies. Through Análise de Conteúdo (Bardin, 2004), it was possible to identify eight themes in the speech of women: representation of cancer,sexuality, social networking, spirituality, losses and gains, “bodies of passage” and health services. Its a “new” body, whose existence is dependent on the comparison with the after-mastectmoy body. Body that is perceived as deserving of care, in a new identification. And social networks is important in this process by providing the support needed, as well as through its expansion through greater integration of the third sector. And sexuality, as a social construction, this body deserves care before forgotten in the rush to live. A body in transition between accepting it or continue in the eternal looking for the ideal.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/78444
Arquivos Descrição Formato
000899691.pdf (922.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.