Repositório Digital

A- A A+

Análise quantitativa da volatilidade entre os índices Dow Jones, IBovespa e S&P 500

.

Análise quantitativa da volatilidade entre os índices Dow Jones, IBovespa e S&P 500

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise quantitativa da volatilidade entre os índices Dow Jones, IBovespa e S&P 500
Autor Lopes, Daniel Costa
Orientador Portugal, Marcelo Savino
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Mercado financeiro
Modelo de previsão
Modelo econométrico
Preço de ações
Volatilidade
[en] Dow Jones
[en] Granger Casuality
[en] IBovespa
[en] Multivariated GARCH
[en] S&P 500
[en] Univariated GARCH
Resumo A volatilidade é uma medida de incerteza quanto às variações dos preços de ativos. Este trabalho tem como objetivo analisar a volatilidade, através dos diversos modelos da família GARCH, de três índices de mercados financeiros: Dow Jones, IBovespa e S&P 500. Com este intuito, foram aqui utilizadas técnicas univariadas e multivariadas, bem como análises de Causalidade de Granger. Através das duas primeiras ferramentas, escolhemos o melhor modelo para cada um destes casos. Usando a terceira ferramenta, concluímos que o IBovespa é significativamente influenciado pela abertura do Dow Jones e do S&P500. Por outro lado, mostramos que a abertura do IBovespa não impacta, nem à 10% de significância, os índices Dow Jones e S&P 500. Também concluímos que a incorporação de um dos índices americanos ao modelo do IBovespa torna-o mais significativo, uma vez que o mercado acionário brasileiro é impactado pelos dois índices citados anteriormente. Desta forma, este trabalho mostra que os modelos GARCH multivariados aparentam ser mais eficazes na estimação da volatilidade de ativos financeiros do que os modelos GARCH univariados.
Abstract The volatility is a measure of the uncertainty of variations of asset prices. The main goal of this work is to analyze the volatility, by the use of several models of the GARCH family, of three financial market indexes: Dow Jones, IBovespa and S&P 500. With this purpose, we use univariate and multivariate techniques, as well as Granger Causality. Using these first two tools, we choose the best model for each one of these cases. Using the third tool, we conclude that the IBovespa is significatively influenced by the opening of the Dow Jones and the S&P 500 indexes. On the other hand, we show that the opening of the IBovespa does not impact, not even at 10% of significance, the Dow Jones and S&P 500 indexes. We also conclude that incorporation of one of these American indexes to the model involving IBovespa makes it more significant, once the Brazilian Stock Market is impacted by the two American indexes we mention before. This work shows that multivariate GARCH models seem to be more efficient in the volatility estimation of financial assets than univariate GARCH models.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/7848
Arquivos Descrição Formato
000558370.pdf (1.866Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.