Repositório Digital

A- A A+

Identificação de neoplasia intraepitelial anal em mulheres com neoplasia genital

.

Identificação de neoplasia intraepitelial anal em mulheres com neoplasia genital

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Identificação de neoplasia intraepitelial anal em mulheres com neoplasia genital
Autor Koppe, Daniela Cerqueira
Orientador Fagundes, Renato Borges
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências em Gastroenterologia (até jan. 2011).
Assunto Carcinoma in situ
Infecções por papillomavirus
Neoplasias do ânus
Neoplasias dos genitais femininos
Prevalência
Resumo Introdução: A incidência de câncer anal vem aumentando nas últimas décadas principalmente em determinados grupos de risco como pacientes HIV positivos e homens homossexuais e bissexuais. A neoplasia intraepitelial anal (NIA) representa a lesão precursora do câncer anal e tem demonstrado clara associação com o papilomavírus humano (HPV) de alto risco. Mulheres com neoplasia intraepitelial ou carcinoma invasor genital parecem ter um risco aumentado para câncer anal. O objetivo deste estudo é determinar a prevalência de neoplasia intraepitelial anal neste grupo de mulheres. Métodos: Estudo transversal onde 106 mulheres imunocompetentes com diagnóstico histológico de neoplasia intraepitelial ou câncer genital e 74 pacientes sem neoplasia genital foram submetidas à anuscopia de alta resolução com biópsia de áreas alteradas. Resultados: A prevalência geral de NIA na amostra foi 6,6%. No grupo de mulheres com neoplasia genital foi 10,4% (IC 95%, 5,6 a 17,3%) e 1,4% (IC 95%, 0,07 a 6,5%) nas mulheres sem esta condição (p=0,016). A razão de prevalência encontrada foi 7,68 (IC 95%, 1,01 a 58,21) e a razão de chances foi 8,45 (IC 95%, 1,07 a 66,97). Conclusão: A prevalência de NIA foi maior em mulheres com neoplasia intraepitelial ou câncer invasor genital.
Abstract Background: In the last decade the incidence of anal cancer is increasing especially in high risk groups as those infected with the human immunodeficiency virus (HIV) and men who have sex with men (MSM). Anal intraepithelial neoplasia (AIN) is believed to be a precursor of anal cancer. It appears to be related to high-risk human papillomavirus (HPV). Women with genital intraepithelial neoplasia or cancer have shown to be at increased risk for anal cancer. The aim of this study is to determine the prevalence of anal intraepithelial neoplasia in this group of women. Methods: In a cross sectional study, 106 imunocompetent women with histopathological diagnosis of genital intraepithelial neoplasia or cancer and 74 women without gynecologic neoplasia underwent to high-resolution anoscopy with biopsy of visible lesions. Results: The overall prevalence of AIN was 6.6%. In women with genital neoplasia it was 10.4% (95% CI, 5.6 to 17.3%) and 1.4% (95% CI, 0.07 to 6.5%) in women without genital neoplasia (p=0.016). The prevalence ratio was 7.68 (95% CI, 1.01 to 58.21) and the odds ratio 8.45 (IC 95%, 1.07 a 66.97). Conclusion: The prevalence of AIN was higher in women with genital intraepithelial neoplasia or cancer.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/78496
Arquivos Descrição Formato
000896633.pdf (998.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.