Repositório Digital

A- A A+

A importância da utilização de terapias antitabagismo para pacientes dependentes de nicotina

.

A importância da utilização de terapias antitabagismo para pacientes dependentes de nicotina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A importância da utilização de terapias antitabagismo para pacientes dependentes de nicotina
Outro título The importance of the use of anti-smoking therapies to patients nicotine dependent
Autor Kawaguchi, Elayne Midori
Orientador Martins, Marco Antonio Trevizani
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Fumo
[en] Antismoking therapy
[en] Nicotine addiction
[en] Smoker
[en] Smoking cessation
Resumo O tabagismo é uma doença crônica resultante da dependência à nicotina estando classificado no Código Internacional de Doenças Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde4. Ao fumar, o tabagista se expõe a uma intoxicação permanente, pois as doses múltiplas de nicotina que inala, embora degradadas, em parte, acumulam-se de tal maneira, que a intoxicação é contínua durante as 24 horas do dia. Assim permanece constante por toda a vida do tabagista¹². Dentre as terapias, existem as medicamentosas e as não medicamentosas. Faz parte das terapias não medicamentosas a terapia cognitivo-comportamental, sendo uma abordagem que combina intervenções cognitivas com treinamento de habilidades comportamentais. Esta se divide em terapia breve, básica e intensiva. Outras terapias que não utilizam medicamentos são a acupuntura, a hipnoterapia e a prática de exercícios físicos. As terapias medicamentosas são diversas e são diferenciadas com a nicotina e as sem nicotina. Os medicamentos com nicotina fazem parte das terapias de reposição de nicotina que podem ser o adesivo o adesivo transdérmico (patch), o inalador, a goma de mascar, o spray nasal, os PREP’s ou pseudocigarros e a nicotina sublingual. Os medicamentos sem nicotina são os antidepressivos, como cloridrato de bupropiona, nortriptilina, clonidina, tartarato de vareniclina, fluoxetina, paroxetina, sertralina, selegina, lazabemida, triptofano, venlafaxina e hypericum. O ansiolítico buspirona também faz parte dos medicamentos não nicotínicos para a cessação do tabagismo. Para pacientes, como grávidas, adolescentes e usuários de álcool há necessidade de abordagem e preparo específico para cada um deles, assim como, para aqueles pacientes com psicopatias como transtorno do pânico, esquizofrenia e transtornos depressivos.
Abstract Smoking is a chronic disease resulted from nicotine dependence being ranked in the International Code of Diseases International Statistical Classification of Diseases and Related Problems health4. When smoking, the smoker is exposed to permanent poisoning because multiple doses of nicotine inhaling, although degraded, partly accumulate in such a way that the poisoning is continued for 24 hours. Thus remains constant throughout the life of the smoker ¹². Among the therapies, there are drug and non-drug. It is part of the non-drug therapies to cognitive behavioral therapy, and an approach that combines interventions with cognitive behavioral skills training. This is divided into brief therapy, basic and intensive. Other therapies that do not use drugs are acupuncture, hypnotherapy and physical exercise. Drug therapies are diverse and are differentiated nicotine containing and not containing nicotine. The drugs are known with nicotine replacement therapy, nicotine, here we mention the patch (patch), the inhaler, chewing gum, nasal spray, or the PREP's pseudo-cigarettes and nicotine sublingual. The drugs are nicotine without antidepressants such as bupropion hydrochloride, nortriptyline, clonidine, varenicline tartrate, fluoxetine, paroxetine, sertraline, selegine, lazabemida, tryptophan, venlafaxine and hypericum. The anxiolytic buspirone also part of the non-nicotinic drugs for smoking cessation. For patients such as pregnant women, adolescents and alcohol user no need to approach and specific preparation for each of them, as well as for those with psychopathy as panic disorder, schizophrenia and depressive disorders.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78591
Arquivos Descrição Formato
000899510.pdf (1.445Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.