Repositório Digital

A- A A+

Produção de sentidos e autoria no cotidiano de um telecentro comunitário

.

Produção de sentidos e autoria no cotidiano de um telecentro comunitário

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Produção de sentidos e autoria no cotidiano de um telecentro comunitário
Autor Silva, Claudia Regina da
Orientador Axt, Margarete
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Ambiente de aprendizagem
Aprendizagem colaborativa
Autoria
Bakunin, Mikhail Alexandrovich 1814-1876
Computador na educação
Construção de sentido
Educação comunitária
Educação não-formal
Inclusão digital
Melucci, Alberto
Porto Alegre (RS)
Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs)
Telecentro Chico Mendes
Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Laboratório de Estudos em Linguagem, Interação e Cognição
Resumo Esta dissertação busca responder a algumas das inquietações e desafios que se instalam com a experiência de se realizar a inclusão digital num telecentro comunitário. Situada no campo da educação não formal, tal experiência se caracteriza pela ausência de parâmetros que norteiem as ações dos atores sociais que dela tomam parte. A pesquisa parte de uma intervenção que propõe o exercício do diálogo com os monitores (jovens responsáveis pelo atendimento à comunidade no telecentro Chico Mendes, em Porto Alegre), através de encontros presenciais e da utilização de um ambiente telemático interativo. A investigação busca caracterizar os modos de ação coletiva, as evidências de autoria e produção de sentidos, considerando os enunciados destes sujeitos na experiência relacional cotidiana de um projeto de inclusão digital. Os pressupostos teóricos de Mikhail Bakhtin e Alberto Melucci orientam a intervenção. O dialogismo, categoria bakhtiniana que conceitua a experiência relacional entre sujeitos e entre discursos, também esclarece a produção do sentido, que ocorre entre um enunciado e outro. A proposta de análise da complexa sociedade contemporânea construída por Melucci contribui para definir o olhar sobre o lugar em que vivem e se manifestam estes jovens, com suas marcas identitárias e modos específicos de ação coletiva. A análise se estrutura a partir de analisadores (momentos de ruptura, situações de conflito, que exigem escolhas e tomadas de posição) e do exercício de mapear sentidos na leitura dos enunciados dos monitores. Esta pesquisa desenvolveu-se junto ao Laboratório de Estudos em Linguagem, Interação e Cognição (LELIC), do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRGS e está inserida na linha de pesquisa O Sujeito da Educação: Conhecimento, Linguagens e Contextos.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/7874
Arquivos Descrição Formato
000559499.pdf (5.624Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.