Repositório Digital

A- A A+

Campos da planície costeira :avaliação da estrutura e atributos funcionais em áreas com difewrentes históricos e distúrbio

.

Campos da planície costeira :avaliação da estrutura e atributos funcionais em áreas com difewrentes históricos e distúrbio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Campos da planície costeira :avaliação da estrutura e atributos funcionais em áreas com difewrentes históricos e distúrbio
Autor Bonilha, Camila Leal
Orientador Boldrini, Ilsi Iob
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Botânica.
Assunto Fitossociologia : Teses
Vegetação : Rio Grande do Sul
Resumo No bioma Pampa, a fragmentação dos campos naturais está relacionada à conversão de áreas campestres para cultivo agrícola. Entre as principais atividades econômicas realizadas nos campos litorâneos, destaca-se a pecuária praticada em pastagens naturais e terras de pousio de arroz. Mais recentemente, ganha espaço na região, o cultivo de soja. Diante da elevada taxa de conversão de áreas naturais para o uso agrícola, esta dissertação de mestrado pretendeu colaborar com o conhecimento sobre este ecossistema campestre através da elaboração de dois artigos científicos. O primeiro artigo aborda a estrutura de comunidades campestres com e sem histórico de uso agrícola e seus estágios de conservação. O segundo artigo aborda o quanto sistemas sujeitos a alterações agrícolas assemelham-se, funcionalmente, a campos bem conservados. Para a elaboração destes artigos foram selecionadas quatro áreas de vegetação campestre situadas em uma fazenda, as quais refletem o uso da terra na região. Em cada uma destas áreas foram coletadas amostras de solo para realização de análise química e granulométrica, para análise da vegetação foram avaliadas 20 unidades amostrais, de 25 cm², distribuídas de forma aleatória. Para cada espécie registrada foram calculados parâmetros fitossociológicos. Posteriormente as espécies foram classificadas segundo a sua forma de crescimento, aquelas com maior cobertura tiveram atributos foliares mensurados. Os resultados encontrados confirmam diferentes tipos de solo para áreas com histórico agrícola e áreas utilizadas para pecuária, o que está relacionado com o manejo empregado na região. A vegetação apresentou diferenças entre as áreas avaliadas, quanto à composição de espécies, diversidade, número de espécies exóticas e anuais. A Análise de Coordenadas Principais também mostrou diferenças na estrutura da vegetação, entre áreas com e sem histórico agrícola. Quando a vegetação foi avaliada através das formas de crescimento, as mesmas refletiram a resposta da comunidade vegetal aos diferentes históricos avaliados, através de diferentes atributos de propagação vegetativa e atributos foliares registrados para as áreas.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/78756
Arquivos Descrição Formato
000899092.pdf (2.319Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.