Repositório Digital

A- A A+

Um olhar para a sexualidade no Curso de Psicologia da UFRGS

.

Um olhar para a sexualidade no Curso de Psicologia da UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Um olhar para a sexualidade no Curso de Psicologia da UFRGS
Autor Pretto, Landemir
Orientador Souza, Nádia Geisa Silveira de
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Currículo
Ensino superior
Psicologia
Sexualidade
Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia.
Resumo Neste estudo, o currículo é entendido como constituidor de subjetividades que, ao articular de forma normatizada determinados conhecimentos, procedimentos e regras, mais do que ensinar conteúdos programáticos “neutros” institui o que e como ver e pensar. Desta forma, o currículo atua como uma prática de subjetivação, uma vez que cada teoria e os conceitos enfatizados por elas em determinada época têm o poder de organizar e estruturar nossa forma de enxergar a realidade e de ser. Já sexualidade é entendida como dispositivo histórico que, ao falar sobre o corpo, configura determinados modos de saber e de ser sujeito. Nesta perspectiva, o objetivo geral dessa dissertação é olhar o curso de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do sul e dar visibilidade aos conhecimentos e às práticas usadas para abordar sexualidade no seu currículo acadêmico e, com isso, identificar conexões entre saber, identidade e poder implicadas na constituição do sujeito psicólogo. Para tanto, discorro como estou entendendo a sexualidade e o currículo, revisito brevemente a história da Psicologia moderna e realizo uma descrição da constituição do curso de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, até sua arquitetura curricular atual. Utilizo ainda, como material empírico para construção dessa dissertação, entrevistas semi-estruturadas com professores e alunos que estão finalizando o curso. Ao longo do trabalho, são relacionados pensamentos dos entrevistados com o disciplinamento produzido dos quais emergem então, alguns modos de constituição do sujeito psicólogo e ainda, o quanto a sexualidade no currículo do Curso de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul se estrutura no que não é dito e no que não é visível.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/7879
Arquivos Descrição Formato
000559555.pdf (952.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.