Repositório Digital

A- A A+

Familiares dos usuários de crack em um CAPS AD III : avaliação das necessidades de cuidados

.

Familiares dos usuários de crack em um CAPS AD III : avaliação das necessidades de cuidados

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Familiares dos usuários de crack em um CAPS AD III : avaliação das necessidades de cuidados
Autor Duarte, Maria de Lourdes Custódio
Orientador Olschowsky, Agnes
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Centro de atenção psicossocial
Cocaína crack
Cuidadores : Família
Família
Saúde mental
Serviços de saúde mental
[en] Crack cocaine
[en] Evaluation
[en] Family
[en] Mental health
[en] Mental health services
[es] Cocaína crack
[es] Evaluación
[es] Familia
[es] Salud mental
[es] Servicios de salud mental
Resumo A família constitui-se em uma unidade de cuidado a ser acionada quando há algum dano à saúde de um dos seus membros. Destaca-se a adição ao crack como um dos agravos de saúde da atualidade, tendo em vista os prejuízos sociais e econômicos que acarreta para o usuário e para as pessoas que o cercam. Nesse sentido, o uso de crack no seio familiar ocasiona um intenso sofrimento emocional às famílias, gerando necessidades de cuidados específicos decorrentes dessa adição. Teve-se por objetivo geral avaliar as necessidades de cuidados dos familiares de usuários de crack do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) Homero Tarragô do município de Uruguaiana. A pesquisa é avaliativa, qualitativa, desenvolvida na modalidade de estudo de caso, em que se utilizou a Avaliação de Quarta Geração para a construção do processo de condução da coleta e análise das informações. Essas foram coletadas por meio de 500 horas de observação e 12 entrevistas com os usuários de crack, 12 entrevistas com os familiares e 15 entrevistas com a equipe do serviço, como grupos de interesse. Através do Método Comparativo Constante chegou-se à construção de três categorias analíticas que durante o processo avaliativo foi identificado como necessidades de cuidados dos familiares de usuários de crack: ambiência, o cuidado ao familiar de usuário de crack e a rede de saúde mental. Os grupos de interesse avaliam que o ambiente é permeado por espaços amplos, arejados e aconhegantes, proporcionando o compartilhamento de idéias e integração, aproximando as famílias dos usuários e profissionais. O cuidado ao familiar de usuário de crack foi avaliado que ocorre através da agilidade e da prontidão para o acolhimento, através dos grupos e das visitas domiciliares enquanto espaços de apoio e de compartilhamento de informações sobre a droga, da facilidade do acesso e da participação do cotidiano do serviço. A possibilidade de oficina aos familiares foi avaliada como positiva pelos grupos de interesse, tendo em vista que entendem como mais um recurso importante para o cuidado ao familiar e consequentemente para o usuário. A busca pela espiritualidade foi apontada como uma ação que traz alívio e conforto, possibilitando um clima emocional de esperança e força no tratamento do usuário de crack. Em relação a rede de saúde mental foi avaliada a fragilidade da articulação entre os pontos de cuidados da rede, gerando duplicidade de ações e a oferta de um cuidado parcial. Portanto, conclui-se que CAPS AD III Homero Tarragô vem construindo uma atuação que se insere no modo psicossocial de atendimento em saúde mental no âmbito da adição as drogas, valorizando, inserindo, estimulando o protagonismo das famílias e atendendo suas necessidades de cuidados como estratégias para a promoção da saúde do usuário de crack.
Resumen La familia se constituye en una unidad de cuidado a ser accionada cuando hay algún daño a la salud de uno de sus miembros. Se destaca la adición al crack como uno de los agravios de salud de la actualidad, llevando en cuenta los perjuicios sociales y económicos que entraña para el usuario y para las personas que le rodean. En ese sentido, el uso de crack en el seno familiar ocasiona un intenso sufrimiento emocional a las familias, generando necesidades de cuidados específicos resultantes de esa adición. Se tiene por objetivo general evaluar las necesidades de cuidados de los familiares de usuarios de crack del Centro de Atención Psicosocial Alcohol y Drogas (CAPS AD) Homero Tarragô del municipio de Uruguaiana. La investigación es evaluativa, cualitativa, desarrollada en la modalidad de estudio de caso, en lo cual se ha utilizado la evaluación de Cuarta Generación para la construcción del proceso de conducción de la recolección y análisis de las informaciones. Esas fueron recolectadas por medio de 500 horas de observación y 12 entrevistas con los usuarios de crack, 12 entrevistas con los familiares y 15 entrevistas con el equipo del servicio, como grupos de interés. A través del Método Comparativo Constante se ha llegado a la construcción de tres categorías analíticas que durante el proceso evaluativo fue identificado como necesidades de cuidados de los familiares de usuarios de crack: ambiente, el cuidado familiar de usuario de crack y la red de salud mental. Los grupos de interés evalúan que el ambiente es permeado por espacios amplios, aireados y acogedores, proporcionando el intercambio de ideas e integración, acercando las familias de los usuarios y profesionales. El cuidado al familiar de usuario de crack fue evaluado y ocurre a través de la agilidad y de la prontitud para la acogida, a través de grupos y de las visitas domiciliares como espacios de apoyo y de intercambio de informaciones sobre la droga, de la facilidad del acceso y de la participación del cotidiano del servicio. La posibilidad de la oficina a los familiares fue evaluada como positiva por los grupos de interés, llevando en cuenta que comprenden como más un recurso importante para el cuidado al familiar y consecuentemente para el usuario. La búsqueda por la espiritualidad ha sido apuntada como una acción que trae alivio y comodidad, lo que permite un clima emocional de esperanza y fuerza en el tratamiento del usuario de crack. En relación a la red de salud mental se ha evaluado la fragilidad de la articulación entre los puntos de cuidados de la red, generando duplicidad de acciones y la oferta de un cuidado parcial. Por lo tanto, se llega a la conclusión que el CAPS AD III Homero Tarragô viene construyendo una actuación que se inserta en el modo psicosocial de atendimiento en salud mental en el ámbito de la adición a las drogas, valorando, insertando, estimulando el protagonismo de las familias y atendiendo a sus necesidades de cuidados como estrategias para la promoción de la salud del usuario de crack.
Abstract The family is a care unit to be triggered when there is any damage to the health of one of its members. The addiction to crack stands out as one of health problems of our time, taking into consideration social and economic damages done to the users and to people around them. In this sense, the use of crack in the family causes an intense emotional distress to the families, giving rise to specific care needs resulting from this addition. This study aims to assess the care needs of the family members of crack users from the Psychosocial Care Center - Alcohol and Drugs (CAPS AD) Homero Tarragô of the city of Uruguaiana. This is an evaluative and qualitative research developed in the form of a case study, in which the Fourth Generation Evaluation was used for the construction of the process of information collection and analysis. Information were collected through 500 hours of observation and 12 interviews with crack users, 12 interviews with family members and 15 interviews with the Institution staff, as groups of interest. Through the Constant Comparative Method we came to the construction of three analytical categories that during the evaluation process were identified as care needs of the families of crack users: environment, care for the family crack user and the mental health network. The groups of interest estimate that the environment is permeated by wide, airy and cozy spaces providing the sharing of ideas and integration, bringing families of users and professionals together. The care to the family of crack users was assessed through agility and readiness to host, through groups and home visits as places of support and sharing information about the drug, and through the ease of access and participation on daily service. The possibility of workshop for the family was evaluated as positive by the groups of interest, since they consider it as an important resource for the care of the family and consequently to the user. The search for spirituality was identified as an action that brings relief and comfort, allowing an emotional atmosphere of hope and strength in the treatment of crack users. Regarding the mental health system, we evaluated the fragility of the relationship between the network care points, generating duplication of efforts and the offer of a partial care. The CAPS III AD Homero Tarragô has established a performance that falls within the psychosocial aspects of mental health care in the context of drug addiction, highlighting, inserting and stimulating the role of families and meeting their care needs as strategies for health promotion of crack users.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/78878
Arquivos Descrição Formato
000901311.pdf (2.411Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.